Diferenças entre edições de "Piper aduncum"

5 bytes adicionados ,  17h35min de 19 de julho de 2017
m
traduzindo nome/parâmetro nas citações usando script
(ajustes, replaced: |citação= | → | (2), |mes= | → |, |páginas=| → |, {{citar web |url= http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download;jsessionid=6E67876C4AB77F8B20C8DF273799B1FC?doi=10.1.1.184.58 utilizando AWB)
m (traduzindo nome/parâmetro nas citações usando script)
 
== Uso ==
Os frutos são usados como condimento e como flavorizante de [[Chocolate quente|cacau]].<ref>{{citar livro |último last=Seidemann |primeiro first=Johannes | titletítulo=World Spice Plants: Economic Usage, Botany, Taxonomy | publisherpublicado=Springer | yearano=2005 | isbn = 3-540-22279-0 | pages páginas= p. 289}}</ref> É usado algumas vezes como substituto para [[pimenta-longa]]. Na [[Amazônia]], muitas das tribos nativas usam as folhas de matico como [[antisséptico]]. No [[Peru]], é usado para estancar [[hemorragia]]s e no tratamento de [[Úlcera péptica|úlcera]]s, e na Europa pratica-se o uso no tratamento de doenças genitais e [[Sistema urinário|órgãos urinários]], como para aquelas que [[cúbeba]] era frequentemente prescrita.<ref>{{citar web| título = The Dispensatory of the United States of America | url = http://www.henriettesherbal.com/eclectic/usdisp/piper-angu.html | primeiro = Joseph P. (Ed) | ultimo= Remington | coautores = Horatio C. Wood | ano = 1918 | acessodata = 2007-03-29 }}</ref>
 
== Características ==
Mático é uma planta tropical, sempre-viva e arbustiva que cresce 6 a 7 metros de altura com folhas na forma de lança, de 12 a 20 centímetros de comprimento. É nativa do sul do México, do [[Caribe]] e abundante na parte tropical da [[América do Sul]]. Tem crescido na [[Ásia tropical]], [[Polinésia]] e [[Melanésia]] e pode ser encontrado na [[Flórida]], no [[Havaí]], e em [[Porto Rico]]. Em alguns países, é considerado uma [[erva daninha]].<ref name=taylor/> Em partes de [[Nova Guiné]], apesar do mático notadamente provocar a secagem do solo nas áreas onde é invasivo, a madeira desta planta é, no entanto utilizada por moradores locais para uma infinidade de usos, como fabricação de cercas artesanais e geração de energia pela queima.<ref>{{cite journalcitar periódico| firstprimeiro = T. | lastúltimo = Siges | coauthors coautor= A.E. Hartemink, P. Hebinck & B.J. Allen | year ano= 2005 | title título= The invasive shrub Piper aduncum and rural livelihoods in the Finschhafen area of Papua New Guinea | journal periódico= Human Ecology | volume = 33 | issue número= 6 | pages páginas= 875–893 | url = http://www.alfredhartemink.nl/PDF/2005%20-%20Piper%20Human%20Ecology.pdf | accessdate acessodata= 2007-04-16 | doi = 10.1007/s10745-005-8214-7 }}
</ref>
 
210 105

edições