Abrir menu principal

Alterações

11 bytes removidos, 17h42min de 21 de julho de 2017
m
sem resumo de edição
| for1 = 20.000 homens
| for2 = 21.000 homens
| baixas1 = 29 mortos<br />260 feridos<ref name="juan cole">{{citar livro |ultimo=Cole |primeiro=Juan |titulo=Napoleon's Egypt: Invading the Middle East |editora=Palgrave Macmillan |ano=2007 |paginas=63, 65, 68 |total-páginas=279 |isbn=9781403964311 |lingua=en}}</ref>
| baixas2 = 3.000 mortos ou feridos
| nome_cat = Pirâmides
Napoleão deu conta de que a única tropa egípcia de grande valor era a cavalaria. Ele possuía pouca cavalaria a seu mando e era superado em número pelos mamelucos. Viu-se pois forçado a ir na defensiva, e formou o seu exército em quadrados com o suporte da [[artilharia]], cavalaria e equipas no centro de cada uma, dispersando assim o ataque da cavalaria mameluca com fogo de artilharia de apoio. Então atacou o acampamento egípcio de Embebeh, provocando a fuga do exército egípcio.
 
Antes da batalha, Napoleão exortou seus soldados com a célebre frase: ''"Soldados! Do alto destes monumentos, quarenta séculos de história nos contemplam!"''.<ref name="juan cole" /><ref>{{citar livro |titulo=The Campaigns of Napoleon |volume=1 |primeiro=David G. |ultimo=Chandler |editora=Scribner Book Company |pagina=224 |isbn=9780025236608 |lingua=en}}</ref><ref name="juan cole">{{citar livro |ultimo=Cole |primeiro=Juan |titulo=Napoleon's Egypt: Invading the Middle East |editora=Palgrave Macmillan |ano=2007 |paginas=63, 65, 68 |total-páginas=279 |isbn=9781403964311 |lingua=en}}</ref>
 
{{Referências}}