Romanização do russo: diferenças entre revisões

108 bytes adicionados ,  23h37min de 22 de julho de 2017
(Ajustes conforme Wikipédia:Livro de estilo)
(Ajustes conforme Wikipédia:Livro de estilo)
Os (poucos) dicionários bilíngues russo-português e português-russo (os da [[Porto Editora]], 2006, da ''Edições Russki Yazik'', 1989, e da ''Gossudarstvennoe Izdatesl’stvo Inostrannîkh i Natsional’nîkh Slovarei'', 1961) são coerentes nesta questão e adotam todos o seguinte padrão nas transliterações e transcrições fonéticas:
 
* IA, IO e IU para transliterar '''Я''', '''Ё''' e '''Ю''', respectivamente; nunca “Y”
* sempre I para transliterar '''Й''' (semivogal “i breve”); nunca “Y”
* [[K]] para transliterar '''К''', em qualquer situação
 
== Transliteração Científica ou ''International Scholarly System'' ==
A transliteração científica (TC) é baseada na [[língua servo-croata]], que usa os dois alfabetos indistintamente, na correspondência quase perfeita entre cirílico e latino. Ironicamente, foi desenvolvida não por anglófonos, mas pelos alemães da ''Preußische Instruktionen'' (a organização de padrões do [[Império Alemão]]). Ela designa um caractere latino para cada letra cirílica, mas inclui diversos sinais diacríticos e caracteres adaptados, como o ''''', o ''''' e todos com o ''haček'' ou [[caron]] (o "circunflexo invertido"): '''Č''', '''Ğ''', '''Š''', '''Ř''', '''Ť''', '''Ž'''.
 
A transliteração científica é plenamente adotada na [[Itália]], tanto pela imprensa quanto por normas acadêmicas. Nenhum outro país a utiliza disseminadamente.
 
Alguns ''softwares'' de [[processador de texto|processadores de texto]] não reconhecem a imensa maioria dos diacríticos e adaptados. Nesses casos, a TC perde a utilidade, já que confunde '''d''' e ''''', '''s''' e ''''', '''z''' e ''''', '''c''', ''''' e '''''.
 
== ISO 9 ==
* “Translitere segundo a pronúncia aproximada. (...) Acentue os nomes e topônimos de acordo com as normas do português: [[Púchkin]], [[Ievguêni]], [[Trótski]], [[Lênin]]; mas [[Gorbatchov]], [[Khruschov]], Gavriil. Se você não tiver certeza sobre a sílaba tônica, não marque nenhum acento.
* Quando as transliterações inglesas e espanholas conflitarem e você não tiver acesso ao original russo, passe para o português através do inglês, cuja transliteração é em geral mais uniforme que a espanhola.
* Simplifique os sufixos '''ЫЙ''' e '''ИЙ''' por I. (...)
* Use GU antes do E e I.
* Use SS em posição intervocálica.
* Alguns nomes russos se consagraram por uma outra transliteração. Respeite: [[Rachmaninoff]], [[Rostovtzeff]]. Lembre-se de que muitos topônimos russos chegaram ao português através de outras línguas e não diretamente do russo. Assim, escreve-se [[Moscou]] e não ''Moskva'', [[São Petersburgo]] e não ''Sankt Peterburg''.
* São sempre louváveis os esforços para escrever em português nomes de línguas grafadas em alfabetos não-latinos. Entretanto, o aportuguesamento deve ser feito com muito cuidado e de maneira sistemática, sempre após consulta a especialista.”
 
==Ver também==
* [[Romanização do árabe]]
* [[TRomanizaçãoRomanização do hebraico]]
 
== Bibliografia ==
42 835

edições