Diferenças entre edições de "Harold Abrahams"

21 bytes adicionados ,  02h10min de 24 de julho de 2017
m
traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script)
 
== Antes da glória ==
Seu pai, Isaac, foi um [[imigrante]] [[polonês]] que se estabeleceu na [[Inglaterra]] com sua esposa [[País de Gales|galesa]] Esther e trabalhava como [[investidor]] financeiro.<ref name="greatath">{{cite bookcitar livro|last1último1 =Kebric |first1primeiro1 =Robert B |editor1editor-firstnome1 =Dawn P |editor1editor-lastsobrenome1 =Dawson |titletítulo= Great Athletes |editionedição=Revised |volume=1 |yearano=2002 |origyearanooriginal=1992 |publisherpublicado=Salem Press |isbn=1-58765-008-8 |pagespáginas=11–13 }}</ref> Seu irmão mais velho, Sidney Abrahams, já havia representado a [[Grã-Bretanha]] no [[salto em distância]] dos [[Jogos Olímpicos de Estocolmo]], em [[1912]]. Outro irmão, Adolph, seria o criador da [[medicina esportiva]] no país. Antes de ir para a [[Universidade de Cambridge]], ele serviu como [[tenente]] no [[Exército Britânico]].
 
Em Cambridge, que cursou entre [[1920]] e [[1924]], ele continuou a praticar o atletismo - que fazia desde a adolescência - nas provas de velocidade e no salto em distância. Em [[1920]], integrou a equipe britânica que foi aos [[Jogos de Antuérpia]], na [[Bélgica]], mas não teve sucesso, sendo eliminado nas quartas-de-finais tanto dos 100m quanto dos 200m e ficando em 12º lugar no salto em distância.<ref name="greatath" /> De volta a Cambridge, nos três anos seguintes conseguiu várias vitórias representado a universidade em competições nacionais, tornando-o um dos favoritos para os Jogos de 1924.
 
Neste meio tempo, entretanto, seu colega de universidade, corredor e [[missionário]] [[Eric Liddell]], apresentou-lhe um técnico profissional, conhecido por seus métodos independentes e excêntricos de treinamento, [[Sam Mussabini]], e com o incentivo do irmão, apesar da polêmica criada por Mussabini ser um profissional, Harold contratou seus serviços e tornou-se seu pupilo.<ref>[http://www.sportinglife.com/olympics/best_of_british/story_get.dor?STORY_NAME=others/00/08/22/OLYMPICS_Abrahams.html Sporting Life - Olympics 2000<!-- Bot generated title -->]</ref>
 
== Jogos Olímpicos de 1924 ==
</blockquote>
 
A grande homenagem, entretanto, que o tornou um ícone atlético em todo o mundo e lembrado pelas novas gerações, veio quase 60 anos após seu feito e depois de sua morte, com o filme ''[[Chariots of Fire]]'', do diretor [[Hugh Hudson]], um campeão de bilheteria e vencedor de quatro óscares, incluindo o de melhor filme, e do prêmio [[BAFTA]] de melhor filme de 1981.<ref>[http://www.bafta.org/awards-database.html?pageNo=2&sq=chariots+of+fire Bafta.org]</ref>. Interpretado pelo ator [[Ben Cross]], Abrahams tem sua vida mostrada - com algumas licenças poéticas diante da realidade dos fatos - do período em que começou a cursar Cambridge até a conquista da medalha de ouro em Paris. A música tema do filme, do grego [[Vangelis]], ajudou na super popularidade do filme e transformou-se no hino das maratonas e corredores de todo o mundo.<ref>[http://brasil100censura.com.br/modules.php?name=News&file=print&sid=127 Brasil100Censura]</ref>
 
==Ver também==
210 191

edições