Diferenças entre edições de "Funerária"

77 bytes adicionados ,  15h11min de 24 de julho de 2017
sem resumo de edição
(http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/obras/servico_funerario/)
 
No [[Brasil]], há cidades (como [[São Paulo (cidade)|São Paulo]] ou [[Campinas]]) onde nem todas essas funções são de responsabilidade de empresas privadas, pois o serviço é de responsabilidade do governo municipal.
 
Em [[São Paulo]] existe o [[Serviço Funerário do Município de São Paulo]] que é um órgão da [[Prefeitura de São Paulo]] criado pelo prefeito [[Jânio Quadros]] entre 1953 e 1955. Este órgão detém o [[monopólio]] municipal dos serviços funerários. Realiza periodicamente [[pregão]] junto com fornecedores de produtos como flores e caixões, e de serviços agentes funerários. Assim o custo do enterro é o menor em todo Brasil.
 
A sua clientela são pessoas que pagam planos funerários, empresas, instituições e conveniados.
 
Em [[2011]] foi inaugurado em [[Curitiba]] o primeiro serviço do [[Brasil]] para envio das cinzas funerárias ao [[espaço sideral]].<ref>[http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?op=gente&id=28627 Funerária curitibana agora oferece serviços para enviar as cinzas ao espaço], acessado em [[19 de setembro]] de [[2011]]</ref>
 
==São Paulo==
Em [[São Paulo]] existe o [[Serviço Funerário do Município de São Paulo]] que é um órgão da [[Prefeitura de São Paulo]] criado pelo prefeito [[Jânio Quadros]] entre 1953 e 1955. Este órgão detém o [[monopólio]] municipal dos serviços funerários. Realiza periodicamente [[pregão]] junto com fornecedores de produtos como flores, urnas e caixões, e de serviços agentes funerários e motoristas com carros fúnebres. Assim o custo do enterro na cidade São Paulo é o menor em todo Brasil.
 
{{referências}}
275

edições