Diferenças entre edições de "Caetano Veloso"

21 bytes adicionados ,  13h07min de 28 de julho de 2017
Nas afiliações, foi adicionada uma parceria com a banda Fresno
m (Inclusão de informação complementar sobre o Tropicalismo e acréscimo de título na Bibliografia do artista.)
(Nas afiliações, foi adicionada uma parceria com a banda Fresno)
{{Info/Música/artista
|nome = Caetano Veloso
|nome completo = Caetano Emanuel Viana Teles Veloso
|imagem = Ordem do Mérito Cultural (OMC) 2015 (22926554975).jpg
|imagem_tamanho = 300px
|imagem_legenda = Caetano Veloso na entrega da medalha de ''Ordem ao Mérito Cultural'', 2015.
|fundo = cantor_solo
|imagem = Ordem do Mérito Cultural (OMC) 2015 (22926554975).jpg
| alt =
|nascimento_data = {{dni|lang=br|7|8|1942}}
|nascimento_cidade = [[Santo Amaro (Bahia)|Santo Amaro]], [[Bahia]]
|nascimento_país = [[Brasil]]
|atividade = [[1965 na música|1965]]–presente
|instrumento = [[voz|Vocal]], [[violão]]
|gênero = [[MPB]], [[Tropicália|tropicalismo]], [[rock psicodélico|''rock'' psicodélico]], ''[[folk rock]]'', [[bossa nova]]
|instrumento = [[voz|Vocal]], [[violão]]
|gravadora = [[RCA]], [[Universal Music Group]]
|afiliações = [[Tropicália|Tropicalismo]], [[Doces Bárbaros]], [[Maria Bethânia]], [[Gal Costa]], [[Gilberto Gil]], [[Chico Buarque]], [[David Byrne]], [[João Gilberto]], [[Toquinho]], [[Fresno]]
|website = {{URL|www.caetanoveloso.com.br}}
|nome completo = Caetano Emanuel Viana Teles Veloso
|imagem_tamanho = 300px
|imagem_legenda = Caetano Veloso na entrega da medalha de ''Ordem ao Mérito Cultural'', 2015.
|atividade = [[1965 na música|1965]]–presente
}}
'''Caetano Emanuel Viana Teles Veloso''' ([[Santo Amaro (Bahia)|Santo Amaro]], {{dtlink|lang=br|7|8|1942}}) é um [[músico]], [[Produtor musical|produtor]], [[Arranjo (música)|arranjador]] e [[escritor]] [[brasil]]eiro. Com uma carreira que já ultrapassa cinco décadas, Caetano construiu uma obra musical marcada pela releitura e renovação<ref>Eduardo Brandão Calvani. ''Teologia e MPB''. p.175. Edicoes Loyola, 1998. {{ISBN|8515018365}}</ref> e considerada amplamente como possuidora de grande valor intelectual e poético.<ref>Charles A. Perrone. ''Letras e letras da música popular brasileira'', p.107. Elo Editora e Distribuidora, 1988. {{ISBN|8585084111}}</ref><ref>Décio Pignatari. ''O Que É Comunicação Poética'', p.34. Atelie Editorial. {{ISBN|8574802085}}</ref> Embora desde cedo já tivesse aprendido a tocar violão em [[Salvador (Bahia)|Salvador]], escrito entre os anos de 1960 e 1962 críticas de cinema para o [[Diário de Notícias (Bahia)|Diário de Notícias]] e conhecido o trabalho dos cantores de rádios e dos músicos de [[bossa nova]] (notavelmente [[João Gilberto]], seu "mestre supremo"<ref>Caetano Veloso. ''Verdade Tropical'', p.18. Companhia das Letras. {{ISBN|9788535912241}}</ref> e com quem dividiria o palco anos mais tarde), Caetano iniciou seu trabalho profissionalmente apenas em 1965, com o compacto "Cavaleiro/Samba em Paz", enquanto acompanhava a irmã mais nova [[Maria Bethânia]] por suas apresentações nacionais do espetáculo [[Show Opinião|Opinião]], no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]].
Utilizador anónimo