Diferenças entre edições de "Maragato (Brasil)"

29 bytes adicionados ,  14h19min de 31 de julho de 2017
m
sem resumo de edição
m
[[Ficheiro:Gumercindo tropa.jpg|thumb|272x272px|Tropa de Gumercindo Saraiva (no centro, à esquerda) , que deu início à Revolução Federalista Riograndense em 1893.]]
 
'''Maragato''' foi o nome dado aos sulistas que iniciaram a [[Revolução Federalista]]
no [[Rio Grande do Sul]] em [[1893]], em protesto a política exercida pelo governo federal representada na província por [[Júlio Prates de Castilhos|Julio de Castilhos]]. Os maragatos eram identificados pelo uso de um lenço vermelho no pescoço, simbolizando sua oposição<ref>[http://www.gazetadopovo.com.br/cadernog/conteudo.phtml?tl=1&id=1443933&tit=Os-120-anos-do-Cerco-da-Lapa-e-o-preco-da-consolidacao-da-Republica - Os 120 anos do Cerco da Lapa e o preço da consolidação da República Floriano Peixoto implantou uma ditadura militar no início da República e com isso gerou uma série de rebeliões. O Cerco da Lapa faz parte desse cenário de luta pelo poder e de debilidade política] Jornal Paranaense - [[Gazeta do Povo]]</ref>.
 
[[Ficheiro:Gumercindo Saraiva.jpg|thumb|left|[[Gumercindo Saraiva]].]]
[[Ficheiro:Silveiramartins.jpg|thumb|219x219px|[[Gaspar da Silveira Martins]], líder maragato]]
 
O termo tinha uma conotação pejorativa atribuída pelos legalistas aos revoltosos liderados por [[Gaspar da Silveira Martins]], eminente tribuno, e o [[caudilho]] estrategista [[Gumercindo Saraiva]], que deixaram o exílio, no Uruguai, e entraram no Rio Grande do Sul à frente de um exército de lenços vermelhos.
 
{{Referências}}
*[[Ficheiro:Silveiramartins.jpg|thumb|219x219px|[[Gaspar da Silveira Martins]], líder maragato]]FRANCO, Sergio da Costa. 13º Caderno. O PARTIDO FEDERALISTA DO RIO GRANDE DO SUL (1892-1928)..Cadernos de História.Memorial do Rio Grande do Sul. [http://www.memorial.rs.gov.br/cadernos/maragatos.pdf Edição eletrônica]
* [http://www.memorial.rs.gov.br/cadernos/maragatos.pdf Edição eletrônica Memorial do Rio Grande do Sul.]
 
==Ver também==
* [[Ximango (política)]]
 
{{esboço-história}}
7 690

edições