Diferenças entre edições de "Minimoog"

31 bytes adicionados ,  01h31min de 5 de agosto de 2017
m
ajustando datas, traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script
m (v1.37b - Corrigido usando WP:PCW (Categoria com espaço (BOT)))
m (ajustando datas, traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script)
}}
-->
O '''Minimoog''' é um [[sintetizador]] monofônico analógico inventado por Bill Hemsath e [[Robert Moog]]. Foi lançado em [[1970]] pela R.A. Moog Inc. (Moog Music após [[1972]]), tendo sido produzido até [[1981]].<ref name="chronology">{{citecitar web |titletítulo=Chronology 1953-1993 |url=http://moogarchives.com/chrono.htm |workobra=Moog history |publisherpublicado=MoogArchives.com}}</ref> Em [[2002]], foi redesenhado pelo próprio Robert Moog, tendo sido relançado como [[Minimoog Voyager]].
 
O Minimoog foi projetado tendo em vista o uso de sintetizadores no [[rock]] e no [[música pop|pop]]. Os grandes [[Sintetizador modular|sintetizadores modulares]] eram caros, desajeitados e delicados, o que fazia deles instrumentos inadequados para apresentação ao vivo. Assim, o Minimoog foi pensado para incluir as partes mais importantes de um sintetizador modular em um móvel compacto, sem necessidade de cabos para conectar os elementos. O instrumento, no entanto, superou muito seu objetivo original e se tornou um extremamente popular por sua sonoridade característica.
[[Ficheiro:Minimoog voyager.jpg|thumb|right|270px|<small><center>Minimoog Voyager.</center></small>]]
O Minimoog permanece muito utilizado até hoje, mais de quaro décadas após sua invenção, por seu design intuitivo e pela riqueza de seus sons em todos os registros.
* O [[amplificador]].
Todos os controles são feitos pela variação da tensão, nos sistema popularmente conhecido como "controle de voltagem".
<div style="margin-left:1em;">[[FileImagem:Minimoog panel.jpg|thumb|500px|left|Painel do Minimoog]]</div><br clear="left"/>
 
O Minimoog é monofônico (apenas uma nota pode ser tocada de cada vez) e seu projeto com três osciladores rendeu-lhe o seu famoso som "gordo". Quatro protótipos foram feitos até chegar ao desenho final que foi comercializado. O Minimoog modelo D adaptou parte dos circuitos de instrumentos modulares anteriores, mas muitos dos componentes foram inteiramente desenhados para ele. Para fazer um som, o músico deveria primeiro escolher um formato de onda a ser gerado pelo(s) oscilador(es) e/ou o tipo de ruído (branco ou rosa). Os osciladores permitem a escolha entre várias [[Forma de onda|formas de onda]]:
Os sinais são roteados no [[Mixer|misturador]] para o filtro, onde é possível controlar a filtragem e adicionar ressonância.
 
O sinal filtrado então é enviado para o amplificador, onde passa por um gerador de [[Envelope (modulação)|envelope]] do tipo '''ADS''' ou '''ADSD''' (''Attack'', ''Decay'', ''Sustain'', ''Decay''), versão mais simples do mais utilizado [[ADSR]] (''Attack'', ''Decay'', ''Sustain'', ''Release''). No ADSD, o valor do [[Decaimento (som)|decaimento]] (''decay'') é replicado no [[Repouso (som)|repouso]] (''release''), de modo que há três botões para controlar qutaro parâmetros do som. Parte do diferencial desse intrumento sobre os antigos Moogs modulares é que o Minimoog não precisava de cabos externos de conexão entre os componentes (os chamados ''patch cables''). O sinal e os controles são transmitidos via cabeamento interno ("''hard-wired''"). Essa configuração, embora mais prática em termos de palco, limita o fluxo do sinal ao percurso descrito acima (oscilador(es) → filtro → amplificador). Contudo, há formas de tentar contornar essa limitação.
 
Podemos considerar que o Minimoog pode ter, ao todo, seis fontes sonoras, sendo que cinco delas passam pelo misturador com controles de intensidade independentes:
 
* 3 osciladores (ver acima);
Além disso, o filtro pode ser induzido a uma auto-oscilação, provendo assim uma sexta fonte sonora.
 
O filtro e o amplificador possuem cada um seu próprio gerador de envelope ADS.
 
<!--
There is also a switch above the pitch and modulation wheels to engage the final decay stage as well as a switch for engaging the glide circuit.
 
The VCF is of transistor ladder type, a design patented by Moog (US 3,475,623).<ref>[http://www.till.com/articles/moog/patents.html Moog patents]</ref><ref>[http://www.google.com/patents/about?id=IYxjAAAAEBAJ&dq=3,475,623 US Patent 3475623] R. A. Moog, Electronic High-pass and Low-pass Filters Employing the Base-to-Emitter Resistance of Bipolar Transistors, issued October 1969
 
([http://www.ladyada.net/wiki/_media/x0x/moog_pat3475623.pdf PDF])</ref> Rumors that Moog had to go to court over the patent seem to be nothing more; 'differences' with ARP at one point were settled amicably.<ref>Trevor Pinch, Frank Trocco, ''Analog Days: The Invention and Impact of the Moog Synthesizer''. Harvard University Press, 2004, p. 263. ISBN 0-674-01617-3</ref>
<!--
== Uso ==
[[David Borden]], an early associate of Moog, has said that the Minimoog "took the synthesizer out of the studio and put it into the concert hall".<ref>Franklin Crawford (August 23, 2005).
 
[http://www.news.cornell.edu/stories/Aug05/Moog.obit.fac.html "Robert Moog, Ph.D. '64, inventor of the music synthesizer, dies of brain cancer"]. Cornell University News Service. Retrieved 4 May 2007.</ref> [[Jazz]] [[composer]] and [[bandleader]] [[Sun Ra]] used one of the first Minimoogs, a prototype lent him by Moog in 1969: "We loaned it to him and Sun Ra’s way of working is that when you loan him something you don’t expect to see it back."
[[Keyboardist]] [[Rick Wakeman]] said of the Minimoog's invention: "For the first time you could go on [stage] and give the guitarist a run for his money...a guitarist would say, 'Oh shoot, he's got a Minimoog', so they're looking for eleven on their volume control - it's the only way they can compete." Wakeman said the instrument "absolutely changed the face of music."<ref>[[Hans Fjellestad]] (2004). ''[[Moog (film)|Moog]]''</ref>
 
The early sound of [[post-disco]] was defined by the use of Minimoog. It became the signature sound<ref>{{cite journalcitar periódico|lastúltimo =Norman |firstprimeiro =Riley |datedata=maio Mayde 1986 |titletítulo=The Arts >> Music |journalperiódico=The Crisis May |publisherpublicado=The Crisis Publishing Company, Inc. |volume=93 |pagepágina=10 |accessdateacessodata=24 Aprilde abril de 2014}}</ref> of record producer and multi-instrumentalist [[Kashif (musician)|Kashif]] who utilized it in works of artists ranging from [[Evelyn "Champagne" King]] to [[Whitney Houston]].
 
[[Kraftwerk]] co-founder [[Ralf Hutter]] used a Minimoog on the successful concept album ''[[Autobahn (album)|Autobahn]]'', and the Minimoog was used extensively on many subsequent albums, including ''[[The Man-Machine]]'' and ''[[Computer World]]''. The characteristic "electronic" yet elegant sound of the Minimoog became an important part of the Kraftwerk sound which in turn inspired an entire generation of electronic musicians.
;Various versions of minimoogs
<gallery heights="90">
File:R.A.Moog minimoog 2.jpg| Minimoog model D early model by R.A. Moog (1970)<ref name=SNhistory>{{citecitar web |titletítulo=MiniMoog SN history |url=http://minimoog.monsite-orange.fr/page1/index.html |workobra=The Loads of the Mini |accessdateacessodata=2013-09-15 |quotecitação=<small>''There were not only 2 versions of the Minimoog D but 6 ! 1/ For the very first R.A Moog model D (1970) ... 2/ The next ones “D” are still R.A Moog Model, always have discrete VCO (1970) but are cosmetically a little bit different from the first ones. ... 3/ Minimoog D Musonic.(1971) R.A Moog Cie became Musonic Cie when R.A had to merge with Musonic cie. ... 4/ Minimoog D Moog Music (1972). These ones are the “famous” old osc. board but these osc board are not at all the same as the RA & Musonic. ... 5/ Moog perfected the Minimoog by issuing a revised osc. circuit board which gave far improved stability and added a new “buffer board”, which gave better stability. All Mini with serial number greater than 10175 have the newer osc. board.''</small>}}<br/>Early R.A. Moog Model D slightly resembles Model C without modulation wheel, and later R.A. Moog Model D has factory installed white or black name plate.</ref>
File:Eboardmuseum 3b.jpg| Minimoog model D <br/>by R.A. Moog (1970)<ref name=SNhistory/>
File:Minimoog model D (1975) (by Alain, 6919141447).jpg|Minimoog model D <br/>by Moog Music (1975)
* [http://www.synthmuseum.com/moog/moomini01.html Minimoog no Synthmuseum.com] (em inglês)
* [http://www.vintagesynth.com/moog/moog.shtml Minimoog em Vintage Synth Explorer] (em inglês)
* [http://www.retrosound.de/minimoog.html Minimoog Resource]
* [http://www.audities.org/audities/collection/moog_modela_1.html Protótipos do Minimoog em Audities.org] (em inglês)
* [http://www.polynominal.com/site/studio/gear/synth/moog_minimoog/index.html Informaçõs, fotos e arquivos de áudio do Minimoog D] (em inglês)
210 189

edições