Abrir menu principal

Alterações

190 bytes adicionados, 17h24min de 10 de agosto de 2017
m
Foram revertidas as edições de 2804:D4B:2727:8800:DDF7:99C6:BCA9:23D8 para a última revisão de Luizdl, de 15h44min de 4 de agosto de 20...
=== O cisma protestante ===
{{AP|[[Reforma Protestante]]}}
Em resposta a preocupações sobre a má conduta de alguns funcionários da igreja, em 1517 [[Martinho Lutero]] postou suas [[noventa e cinco teses]] na porta da igreja em [[Wittenberg]]. Leão não conseguiu compreender totalmente a importância do movimento, e em fevereiro de 1518 dirigiu-se ao vigário-geral dos Agostinianos para controlar os seus monges.
 
Em 30 de Maio, Lutero enviou uma explicação de suas teses ao papa, em 7 de agosto, ele foi intimado a comparecer em Roma. Um acordo foi efetuado, no entanto, segundo o qual a petição foi cancelada, e Lutero foi para [[Augsburgo]] em outubro de 1518 para explicar-se ao legado papal, [[Tomás Caetano|Cardeal Caetano]], mas nem os argumentos do cardeal, nem a bula papal de 9 de Novembro fez Lutero retrair-se. Um ano de negociações infrutíferas se seguiram, durante os quais a controvérsia espalhou-se por todos os [[Sacro Império Romano Germânico|Estados alemães]].
39 369

edições