Abrir menu principal

Alterações

16 bytes removidos, 22h35min de 30 de agosto de 2017
m
Ajustes textuais
No dia 29 de novembro de 2016, a Primeira Turma do STF, presidida pelo ministro Barroso, concedeu ''[[habeas corpus]]'' para revogar a prisão preventiva de funcionários de uma clínica que realizava abortos. Em seu voto, que foi seguido pelos ministros [[Edson Fachin]] e [[Rosa Weber]], Barroso entendeu que não é crime a interrupção voluntária da gestação efetivada no primeiro trimestre, com base na legislação de outros países, e afirmou que, em temas moralmente divisivos, o Estado não pode tomar partido e impor uma visão, devendo permitir que as mulheres tenham o direito de escolher. Também fundamentou a decisão nos direitos sexuais e reprodutivos da mulher, na integridade física e psíquica da gestante, e na igualdade da mulher em relação ao homem. A decisão teve imediata repercussão na [[Câmara dos Deputados do Brasil|Câmara dos Deputados]],<ref>{{citar web |url= http://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,aborto-ate-3-mes-de-gestacao-nao-e-crime-decide-1-turma-do-stf,10000091511|título=Aborto até 3º mês de gestação não é crime, decide 1ª Turma do STF |autor=<!--Staff writer(s); no by-line.--> |data= 29 de novembro de 2016|obra= |publicado= O Estado de S. Paulo|acessodata= 3 de dezembro de 2016|citacao=}}</ref> que reagiu criando uma comissão para legislar em sentido contrário ao decidido pelo tribunal.<ref>{{citar web |url= http://g1.globo.com/politica/noticia/2016/11/maia-cria-comissao-para-rever-decisao-do-stf-sobre-aborto.html|título= Maia cria comissão para rever decisão do STF sobre aborto|autor=<!--Staff writer(s); no by-line.--> |data= 30 de novembro de 2016|obra= |publicado= G1|acessodata= 3 de dezembro de 2016|citacao=}}</ref>
 
===Operação Lava Jato===
Em agosto de 2017, o ministro do STF Barroso disse, em entrevista no programa ''[[Conversa com Bial]]'', ao apresentador [[Pedro Bial]] da [[Rede Globo]], que a existe uma "Operação abafa", cujo objetivo seria paralisar a [[Operação Lava Jato]]. Barroso disse ainda que: {{cquote|"a Lava-Jato é vítima de uma grande operação abafa, a sociedade tem que estar mobilizada. A Lava-Jato sobreviveu pela sociedade e pela imprensa. Há uma semente plantada, nunca mais será como antes".|}} Ele destacou a coragem do país em não "empurrar a poeira para debaixo do tapete" e em avançar com as investigações. "Talvez nenhum país no mundo tenha tido a coragem de fazer o que o Brasil está fazendo. Temos que aproveitar essa oportunidade com determinação. Vamos criar um país em que a integridade é o ponto de partida."<ref>{{citar web|url=http://amaerj.org.br/noticias/barroso-lava-jato-e-vitima-de-uma-grande-operacao-abafa-a-sociedade-tem-que-estar-mobilizada/|publicado=AMAERJ|data=25 de agosto de 2017|acessodata=26 de agosto de 2017|título=Barroso defende mobilização da sociedade contra ‘grande operação abafa’ da Lava-Jato}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.valor.com.br/politica/5091246/barroso-afirma-na-tv-que-lava-jato-e-vitima-de-operacao-abafa|publicado=Valor Econômico|acessodata=26 de agosto de 2017|título=Barroso afirma na TV que Lava-Jato é vítima de "operação abafa"|autor=Carolina Freitas}}</ref>
 
Anteriormente, em maio de 2017, Barroso já havia alertado que as críticas a [[delação premiada|delações premiadapremiadas]] da operaçãoOperação lavaLava jatoJato são parte de uma "operação abafa" para desacreditar os delatores. Na opinião do ministro, as críticas ao instrumento servem para intimidar os colaboradores e impedir que contem o que sabem sobre crimes.<ref>{{citar web|url=http://www.conjur.com.br/2017-mai-30/operacao-abafa-desacreditar-delacoes-ministro-barroso|publicado=Consultor Jurídico|acessodata=26 de agosto de 2017|título="Operação abafa" quer desacreditar delatores, diz ministro Barroso|data=30 de maio de 2017}}</ref> No inicio de agosto de 2017, em participação em um simpósio de direito, o ministro afirmou que "A operação abafa é uma realidade visível e ostensiva no Brasil de hoje. Há muita resistência às mudanças que precisam ser feitas".<ref>{{citar web|url=https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2017/08/03/operacao-abafa-contra-corrupcao-e-realidade-ostensiva-diz-barroso-em-sp.htm|publicado=Uol|data=3 de agosto de 2017|acessodata=26 de agosto de 2017|título='Operação abafa' contra corrupção é realidade ostensiva, diz Barroso em SP|autor=Marcelo Osakabe}}</ref>
 
== Obras ==