Diferenças entre edições de "Pena de voo"

1 byte removido ,  09h30min de 2 de setembro de 2017
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
[[Ficheiro:Milvus milvus R(ThKraft).jpg|thumb|Espécie [[Milvus milvus]] em voo exibindo as ''rémiges'' e as ''rectrizes''.]]
As '''penas de voo''' (''Pennae volatus''),<ref>Julian J. Baumel. Handbook of Avian Anatomy: Nomina Anatomica Avium. 1993</ref> ou '''plumas de voo''' são as [[pena]]s largas, relativamente rígidas e de formato [[assimetria|assimétrico]], mas simetricamente dispostas nas [[asa]]s e [[cauda]]s das [[aves]]. Estas penas recebem o nome de '''rémiges''' quando situadas nas asas e '''timoneiras''' ou '''rectrizes''' quando situadas na cauda.<ref>{{citar livro|título=Atlas enciclopédico brasileiro: Ciências. Conhecimentos gerais|url=http://books.google.com/books?id=Mbw7AAAAYAAJ|data=1967*|publicado=Editôra Pedagógica Brasileira}}</ref> Sua função primária é provocar [[Empuxo (aerodinâmica)|empuxo]] e [[Sustentação (aerodinâmica)|sustentação]], permitindo desta maneira o [[voo das aves|voo]].<ref>{{citar web|url=https://www.newscientist.com/article/dn16923-fake-feathers-could-take-the-drag-out-of-flights/|título=Fake feathers could take the drag out of flights|obra=New Scientist|acessodata=26 de agosto de 2016}}</ref> As penas de voo de algumas aves desenvolveram-se de modo a realizar funções adicionais, geralmente relacionadas com disputas territoriais, [[cortejo sexual]], dança do acasalamento ou métodos de alimentação. Em algumas espécies, estas penas evoluíram para penas mais largas e chamativas utilizadas como sinal visual na exibição de posse territorial, [[parada nupcial]], ou, em alguns casos, criando sinais sonoros durante as lutas pelo acasalamento. Pequenas [[bárbula]]s situadas na borda das rémiges, ajudam as [[Strigiformes|corujas]] a voarem silenciosamente, auxiliando nas atividades de rapina. Já as rectrizes excecionalmente duras dos [[picidae|pica-paus]] permite-lhes fixarem-se aos troncos das árvores enquanto os perfuram com o bico. As espécies de aves que são incapazes de voar conservam suas penas de voo, mesmo que de formas radicalmente modificadas.<ref>{{citar web|url=http://www.liquisearch.com/flight_feather/specialized_flight_feathers|título=Flight Feather - Specialized Flight Feathers|publicado=|acessodata=26 de agosto de 2016}}</ref>
 
A muda das penas de voo pode causar sérios constrangimentos na capacidade de voo das aves. Por essa razão, diferentes espécies desenvolveram diferentes estratégias para lidar com este problema, seja pelo rápido abandono, por completo, da sua plumagem por um relativamente curto período de tempo, durante o qual não voam, seja pelo prolongamento da muda, de forma gradual, para períodos que se podem estender a vários anos.<ref>{{citar web|url=https://web.stanford.edu/group/stanfordbirds/text/essays/Molting.html|título=Molting|publicado=|acessodata=26 de agosto de 2016}}</ref>