Censo demográfico do Brasil de 2010: diferenças entre revisões

m
ajustando datas nas citações, outros ajustes usando script
(Revertida edição que removeu conteúdo referenciado e as respectivas referências sem nenhuma justificativa.)
m (ajustando datas nas citações, outros ajustes usando script)
Os resultados finais revelaram que a população brasileira havia chegado aos {{Formatnum:190755799}} habitantes, 51% eram mulheres e 84,4% residiam em [[Zona urbana|área urbana]].<ref name="IBGE_2010">{{citar web|url=http://www.censo2010.ibge.gov.br/sinopse/index.php?dados=11&uf=00|título= Sinopse do Censo Demográfico 2010| autor= IBGE| data= 2011|lingua2| acessodata= 5 de maio de 2013}}</ref>
 
A proporção de brancos havia diminuído de 53,7% em 2000 para 47,7% em 2010,<ref name="raça">{{citar web |url=http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/04/29/brancos-sao-menos-da-metade-da-populacao-pela-primeira-vez-no-brasil.jhtm |obra=[[Universo Online]] |título=Brancos são menos da metade da população pela primeira vez no Brasil |língua= |autor=Thiago Varela |data=5 de maio de 2013|publicado=UOL |acessodata=5 de maio de 2013}}</ref><ref name= "Censo_Características">{{citar web|url=ftp://ftp.ibge.gov.br/Censos/Censo_Demografico_2010/Caracteristicas_Gerais_Religiao_Deficiencia/caracteristicas_religiao_deficiencia.pdf|título= Censo Demográfico 2010_Características| autor= IBGE| data= |lingua2| acessodata= 05/5/13}}</ref> além de a população brasileira ter ficado mais velha. O [[Índice de envelhecimento|índice de envelhecimento]] da população havia saltado de 19,8% em 2000 para 30,7% em 2010.<ref name= "Censo_Características"/><ref name="idade">{{citar web |url=http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/04/29/populacao-adulta-foi-a-que-mais-cresceu-na-ultima-decada.jhtm |obra=[[Universo Online]] |título=Em dez anos, diminui o número de crianças e aumenta o de idosos no Brasil |língua= |autor= |data={{DataExt|29|04| de abril de 2011|lang=br}} |publicado=UOL |acessodata=5 de maio de 2013}}</ref>
*'''Religião'''
O censo de 2010 revelou também que o número de [[Evangelicalismo|evangélicos]] no Brasil representava 22,2% da população (42,3 milhões de pessoas), um aumento de 6,8% em relação ao censo realizado em 2000. A população [[Igreja Católica|católica]] permanecia a de maior número no país (64,6% ou 123,2 milhões de pessoas), tendo diminuído 9% em relação a 2000.<ref> [ Revista de História da Biblioteca Nacional. Ano 8. n° 87. Matéria Dossiê Evangélico no Brasil. Página 17]</ref> <ref name= "Censo_Características"/><sup>Gráf.37</sup>
210 194

edições