Abrir menu principal

Alterações

19 bytes removidos ,  16h04min de 6 de setembro de 2017
m
ajustes usando script
{{título em itálico}}
 
{{Info/Obra de arte
| artista = [[Columbano Bordalo Pinheiro]]
| data = 1901-04
| técnica = Pintura a óleo sobre tela
| altura = 196 cm
| largura = 246 cm
 
== Fundamento histórico==
Inês de Castro, fidalga [[Galiza|galega]] do [[Reino de Castela|reino de Castela]], veio para Portugal como aia de [[Constança Manuel]] quando esta se casou com o infante herdeiro [[Pedro I de Portugal|Pedro]]. Mas Pedro e Inês acabaram por apaixonar-se, e o seu romance levou [[Afonso IV de Portugal|D. Afonso IV]] a ordenar o exílio de Inês para Castela.
 
O afastamento, porém, não apagou o amor entre Pedro e Inês, e após a morte de [[Constança Manuel|Constança]], em 1345, ao dar à luz o futuro rei D. [[Fernando I de Portugal|Fernando]], Pedro, contra a vontade do pai, fez com Inês regressasse passando a viver juntos, o que provocou grande desavença entre o rei e o infante.
210 087

edições