Abrir menu principal

Alterações

42 bytes adicionados, 01h53min de 12 de setembro de 2017
sem resumo de edição
'''''Yin''''' '''''Yang''''' são conceitos do [[taoismo]] que expõem a dualidade de tudo que existe no universo. Descrevem as duas forças fundamentais opostas e complementares que se encontram em todas as coisas: o ''yin'' é o princípio feminino, noite, Lua que precisa de fogo para iluminar e aquecer na escuridão fria noturna, a passividade, absorção. O ''yang'' é o princípio masculino, Sol que precisa de Água (refrescar o calor insuportável), dia, a luz e atividade.<ref>[[Enciclopédia Larousse|''Grande enciclopédia Larousse'']] (página 11710). Madri: Planeta.</ref>
 
Segundo essa ideia, cada ser, objeto ou pensamento possui um complemento do qual depende para a sua existência. Esse complemento existe dentro de si. Assim, se deduz que nada existe no estado puro: nem na atividade absoluta, nem na passividade absoluta, mas sim em transformação contínua. Além disso, qualquer ideia pode ser vista como seu oposto quando visualizada a partir de outro ponto de vista. Neste sentido, a categorização seria apenas por conveniência. Estas duas forças, ''yin'' e ''yang'', seriam a fase seguinte do "[[tao]]", princípio gerador de todas as coisas, de onde surgem e para onde se destinam. Portanto, é o bem no mal e o mal no bem.
 
Esta doutrina é de uso corrente na [[medicina tradicional chinesa]].