Abrir menu principal

Alterações

132 bytes removidos ,  18h26min de 18 de setembro de 2017
-itálico no nome
|nome = Harry Belafonte
|imagem = Harry Belafonte Civil Rights March 1963.jpg
|imagem_tamanho = 270px
|legenda = Belafonte em 1963, durante a luta pelos [[Direitos civis]] nos [[Estados Unidos]].
|fundo = cantor_solo
|website = <!-- Sítio do artista na internet -->
}}
'''Harry Belafonte''', nome artístico de '''''Harold George Bellanfanti''''' ([[Nova Iorque]], [[1 de março]] de [[1927]]) é um [[músico]], [[cantor]], [[ator]], [[pacifismo|ativista político e pacifista]] [[Povo dos Estados Unidos|norte-americano]] de [[ascendência]] [[jamaica]]na. Um dos mais bem sucedidos artistas de [[Caribe|origem caribenha]] da história, foi apelidado de "[[Rei]] do [[Calipso (música)|Calypso]]" por popularizar o [[ritmo]] caribenho nos [[Estados Unidos]] nos [[década de 1950|anos 50]]. Durante sua carreira tem sido um radical ativista político, envolvido em lutas pelos [[direitos civis]] e diversas causas humanitárias.<ref>{{Citar periódico
|autor = Oswaldo Faustino|data=|ano=|mes=|titulo=A história do cantor e ativista Harry Belafonte|jornal=[[Raça Brasil]]|volume=187|numero=|paginas=|editora= [[Editora Escala]]|local=|issn=|pmid=|doi=|bibcode =|oclc =|id=|url=http://racabrasil.uol.com.br/colunistas/a-historia-do-cantor-e-ativista-harry-belafonte/2087/|idioma=português|formato=|acessadoem=|aspas=}}</ref>
| autor = Oswaldo Faustino
| data =
| ano =
| mes =
| titulo = A história do cantor e ativista Harry Belafonte
| jornal = [[Raça Brasil]]
| volume = 187
| numero =
| paginas =
| editora = [[Editora Escala]]
| local =
| issn =
| pmid =
| doi =
| bibcode =
| oclc =
| id =
| url = http://racabrasil.uol.com.br/colunistas/a-historia-do-cantor-e-ativista-harry-belafonte/2087/
| idioma = <!-- * -->
| lingua2= <!-- ** -->
| lingua3= <!-- *** -->
| formato =
| acessadoem =
| aspas =
 
}}</ref>
 
Belafonte nasceu no [[Harlem]], o bairro negro pobre da cidade de Nova Iorque e na infância viveu na [[Jamaica]], país natal de sua mãe. De volta aos Estados Unidos, fez o colegial numa escola pública da cidade e serviu na [[marinha]] durante a [[Segunda Guerra Mundial]]. No fim dos [[década de 1940|anos 40]], começou a ter aulas de arte dramática junto com [[Marlon Brando]], [[Tony Curtis]] e [[Sidney Poitier]], enquanto trabalhava junto ao [[teatro]] [[negro]] americano. Anos depois, receberia um Prêmio [[Prémios Tony|Tony]] por seu trabalho nos palcos da [[Broadway]].
7 645

edições