Diferenças entre edições de "Max Scheler"

115 bytes removidos ,  17h24min de 19 de setembro de 2017
sem referência!
(sem referência!)
Em 1919, regressou à docência, agora na recém-fundada [[Universidade de Colônia]]. Em 1921, publicou outra de suas obras mais importantes, ''Vom Ewigen im Menschen'' (''Do eterno no homem'').<ref name=costa/>
 
Em sua fase final, já afastado do cristianismo e defendendo um [[panteísmo]] evolucionista marcado por preocupações científicas, Scheler dedicou-se ao projeto de desenvolver uma antropologia filosófica, chegando a publicar apenas um esboço, em 1927, chamado ''Die Stellung des Menschen im Kosmos'' (''A situação do homem no cosmos'').<ref name=costa/>
 
Transferiu-se em 1928 para a [[Universidade de Frankfurt]], onde lhe tinham sido oferecidas as cátedras de filosofia e sociologia, e nesse ano faleceu repentinamente, vítima de um ataque cardíaco.<ref name=costa/>
502

edições