Abrir menu principal

Alterações

12 bytes adicionados, 00h03min de 20 de setembro de 2017
m
Foram revertidas as edições de 190.15.103.10 para a última revisão de Hume42, de 19h11min de 4 de setembro de 2017 (UTC)
A realidade não é estática, ela é dinâmica, está sempre em transformações, tanto qualitativas quanto quantitativas. No contexto dialético, também o espírito não é consequência passiva e/ou mecânica da ação da matéria, podendo reagir sobre aquilo que o determina. Isso significa que a consciência, mesmo sendo determinada pela matéria e estando historicamente determinada, não é pura passividade: o conhecimento do determinismo liberta o homem por meio da ação deste sobre o mundo, possibilitando inclusive a ação revolucionária. Assim, Marx se denominava um materialista, não idealista. O [[Materialismo Histórico]] e o [[Materialismo Dialético]] podem, grosso modo, serem tomados por termos intercambiáveis, sendo o primeiro mais adequado ao se tratar de "coisas humanas" e o segundo adequado para aspectos do real. Engels acabou desenvolvendo mais do que Marx acerca do Materialismo Dialético.<ref name="Dialético">[http://dce.unifesp.br/textos/materialismo.pdf Introdução ao materialismo dialético]. [[Unifesp]]. Acessado em 1 de outubro de 2015.</ref>
 
Alguns autores, como [[Karl Popper]], discordam da cientificidade das ideias marxistas - sendo comum que os críticos deste ideário utilizem a derrocada dos países denominados "comunistas" para fundamentar estas afirmações. O "erro" de Marx, foitalvez, possa ter sido o de superestimar a previsibilidade das sociedades humanas. Sem dúvida, nenhuma das sociedades que se autoproclamavam "marxistas" desenvolveu-se de acordo com as teorias de Marx, uma crítica que inclusive foi feita internamente nestas sociedades através da corrente política denominada como "[[esquerda comunista]]", composta pelos mais ortodoxos marxistas, que argumentavam que jamais existiu nem a remota possibilidade da construção do socialismo em uma única nação, uma vez que o socialismo marxista opõe-se ao nacionalismo, abraçando um viés internacionalista. A despeito dessas críticas, as ideias de Marx permanecem influenciando as ciências sociais de tal forma que o filósofo alemão tornou-se um dos mais influentes pensadores da história.<ref>{{citar web|url=http://diversao.terra.com.br/arteecultura/noticias/0,,OI591739-EI3615,00-BBC+elege+Marx+mais+importante+filosofo+da+historia.html|título=BBC elege Marx mais importante filósofo da história|acessodata=|autor=[[Terra Networks|Terra]]}}</ref> Ainda que pouco previsíveis, as sociedades humanas certamente devem render muitas graças a este homem nascido em [[Tréveris]], pelos grandes avanços teórico-metodológicos prestados ao campo das ciências humanas, por sua militância pela emancipação da humanidade, pelo desenvolvimento da concepção materialista dialética e Histórica, dentre várias outras contribuições, feitas durante o século XIX.<ref name="Dialético"/>
 
=== Estado ===
149 362

edições