Abrir menu principal

Alterações

422 bytes adicionados ,  17h49min de 23 de setembro de 2017
Inclusão de informação
Formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na então Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro, atual [[Faculdade Nacional de Direito]] da [[Universidade Federal do Rio de Janeiro]] (UFRJ).
 
Porém, foi através das [[marchinha]]s carnavalescas, cantadas até hoje, como ''[[Mulata (canção)|O Teu Cabelo Não Nega]]'',{{Nota de rodapé|Com o título ''Mulata'', os compositores pernambucanos João e [[Raul Valença]] apresentaram à gravadora Victor sua composição. Lamartine Babo foi solicitado a ajustar a letra, e a composição ''O teu cabelo não nega'' foi lançada como apenas de Lamartine, o que gerou uma ação judicial, ganha pelos Irmãos Valença. Houve um acordo e Lamartine Babo passou a constar como coautor da mesma, e não seu único autor.}} ''Grau 10'', ''Linda Morena'', e ''A Marchinha do Grande Galo'', que o seu nome se tornou mundialmente conhecido como o Rei do [[Carnaval]]. Em suas letras, predominavam o humor refinado e a irreverência. Lamartine compôs a toada "Zeca Ivo" em homenagem ao seu amigo e compositor José Ivo da Costa, o Zeca Ivo.<ref>{{Citar web|url=http://dicionariompb.com.br/zeca-ivo/dados-artisticos|titulo=http://dicionariompb.com.br/zeca-ivo/dados-artisticos|data=|acessodata=2017-09-23|obra=Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira|publicado=Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira|ultimo=|primeiro=}}</ref>
 
Como poucos, Lamartine alcançou os dois extremos da [[alma]] brasileira: a gozação e o sentimento.
Utilizador anónimo