Abrir menu principal

Alterações

4 328 bytes removidos ,  18h13min de 27 de setembro de 2017
Correções em referências e atualizações
| foto = Vista parcial de Piranguinho.jpg
| leg_foto = Vista parcial de Piranguinho
| apelido = Capital Nacional do Pé-de-moleque<ref>[http{{citar web|URL=https://noticias.bol.uol.com.br/fotos/bol-listas/2015/09/08/44-capitais-brasileiras-que-voce-nem-sabia-da-existencia.htm?fotoNav=10#fotoNav=5 |título=44 capitais brasileiras que você nem sabia daque existênciaexistiam -|autor=BOL Capital|data=8 Nacionalde dosetembro Pé-de-moleque] Portal2015 BOL|publicado=UOL |acessodata=27 de setembro de 2017 |wayb=20170927180046}}</ref>
<!-- Dados gerais -->
| brasão = Brasao_pir1.jpg
| distritos = [[Olegário Maciel (Piranguinho)|Olegário Maciel]], Piranguinho (sede) e [[Santa Bárbara do Sapucaí]]<ref name="IBGE_Histórico"/>
<!-- Características geográficas -->
| área = 130124.334803
| área_ref = <ref name ="IBGE_Área">{{citar web |url=httphttps://wwwww2.ibge.gov.br/home/geociencias/cartografiaareaterritorial/default_territ_areaarea.shtm |arquivourlphp?nome=http://wwwPiranguinho&codigo=&submit.webcitationx=0&submit.org/63475t8dy |arquivodatay=9 de novembro de 20110 |título=Área territorial oficial |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=1015 de outubrojaneiro de 20022013 |publicadoacessodata=Resolução27 dade Presidência do IBGEsetembro de n° 5 (R.PR-5/02)2017 |acessodatawayb=5 de dezembro de 201020170927180650}}</ref>
|população = 8597
|data_pop = estatísticas [[IBGE]]/2017<ref name="IBGE_Pop_2017">{{citar web|url=ftp://ftp.ibge.gov.br/Estimativas_de_Populacao/Estimativas_2017/estimativa_dou_2017.pdf |título=Estimativas da população residente no Brasil e unidades da federação com data de referência em 1º de julho de 2017 |autor=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) |data=30 de agosto de 2017 |acessodata=25 de setembro de 2017}}</ref>
| idh = 0.717 <!--favor manter o formato-->
| data_idh = [[Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento|PNUD]]/2010<ref name="PNUD_IDH_2010">{{citar web |url=http://www.pnud.org.br/arquivos/ranking-idhm-2010.pdf |arquivourl=http://www.webcitation.org/6IYLoOoJw |arquivodata=1º de agosto de 2013 |título=Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil |autor=Atlas do Desenvolvimento Humano |data=29 de julho de 2013 |publicado=[[Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento]] (PNUD) |acessodata=1º de agosto de 2013}}</ref>
| pib = {{fmtn|5149586379}} mil
| data_pib = [[IBGE]]/[[2010]]2014<ref name="IBGE_PIB_MGIBGE_PIB_2014">{{citar web |url=httphttps://wwwcidades.ibge.gov.br/cidadesatbrasil/comparamunmg/compara.php?coduf=31&idtema=103&codv=v05alto-rio-doce/pesquisa/38/46996 |arquivourl=http://wwwarchive.webcitation.orgis/6IJ761Sr7fgBYP |arquivodata=2227 de julhosetembro de 20132017 |título=Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 » PIB a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Minas Gerais2014 |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=20102014 |acessodata=2227 de julhosetembro de 20132017}}</ref>
| pib_per_capita = 642310215.9910
| data_pib_per_capita = [[IBGE]]/2014<ref name="IBGE_PIB_2014"/>
| data_pib_per_capita = [[IBGE]]/[[2010]]<ref name="IBGE_PIBpercapta_MG">{{citar web |url=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/comparamun/compara.php?coduf=31&idtema=103&codv=v06 |arquivourl=http://www.webcitation.org/6IJ79LTk5 |arquivodata=22 de julho de 2013 |título=Produto Interno Bruto dos Municípios - 2010 » PIB a preços correntes » Comparação entre os Municípios: Minas Gerais |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=2010 |acessodata=22 de julho de 2013}}</ref>
}}
'''Piranguinho''' é um [[Municípios do Brasil|município]] da [[Microrregião de Itajubábrasil]], na [[Mesorregião do Sul e Sudoeste de Minas]],eiro no [[Interior de Minas Gerais|interior]] do [[Unidades federativas do Brasil|estado]] de [[Minas Gerais]], na [[Região Sudeste do Brasil|Região Sudeste]] do país. Localiza-se a sudoeste da [[Belo Horizonte|capital do estado]], distando desta cerca de {{fmtn|480|km}}. Ocupa uma [[área]] de {{fmtn|130124.334803|km²}}, sendo que {{fmtn|0.3|km²}} estão em [[perímetro urbano]], e sua [[população]] em 2017 era de {{fmtn|8597}} habitantes.
 
A sede tem uma temperatura média anual de {{fmtn|15.9|°C}} e na vegetação do município predomina a [[mataMata atlânticaAtlântica]]. Com 61% da população vivendo na zona urbana, a cidade contava, em 2009, com sete estabelecimentos de saúde. O seu [[Índice de Desenvolvimento Humano]] (IDH) é de 0,717, considerando como alto em relação ao estado.
 
O povoamento de origem europeia do lugar teve início no final do século XIX, com a construção da [[Viação Férrea Sapucaí|Estrada de Ferro Sapucaí]]. Nas décadas seguintes, houve um desenvolvimento da agropecuária na região, que propiciou o crescimento econômico e populacional, tendo a cidade se emancipado do município de [[Brazópolis]] em 1962 e instalada em 1º de março de 1963. O comércio e o turismo ganharam força a partir da década de 1990, sendo que Piranguinho é considerada hoje como a capital nacional do [[pé de moleque]], devido à tradição na produção desse doce.
 
== História ==
O primeiro povo conhecido a habitar o sul de Minas Gerais foi o povo [[Puris|puri]], que viria a ser dizimado com o avanço da colonização de origem europeia na região ao longo dos séculos XVIII e XIX.<ref>''Descubra Minas.com''. Disponível em http://www.descubraminas.com.br/MinasGerais/Pagina.aspx?cod_pgi=1814. Acesso em 23 de novembro de 2016.</ref> No fim do século XIX, o [[Ciclo do café|o Brasil passava por uma hegemônica produção de café]], cultura esta que se expandia pela Região Sudeste do país e favorecia investimentos na modernização da economia nacional. As terras do atual município pertenciam a Leocádia de Lourenço e estavam subordinadas a São Caetano da Vargem Grande (atual [[Brasópolis]]), sendo um dos lugares onde planejava-se a implantação do projeto "Rede Mineira de Viação", com objetivo de construir uma [[ferrovia]] que ligasse [[Itajubá]] a [[Santa Rita do Sapucaí]].<ref name="Prefeitura_História">{{citar web|URL=http://www.piranguinho.mg.gov.br/portal1/municipio/historia.asp?iIdMun=100131599 |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://www.piranguinho.mg.gov.br/portal1/municipio/historia.asp?iIdMun=100131599 |arquivodata=5 de setembro de 2013 |título=Histórico |autor=Prefeitura |data=9 de setembro de 2005 |acessodata=5 de setembro de 2013 |wayb=20090307091254}}</ref> Com as obras da estrada de ferro, começaram a ser construídas as primeiras casas, dando início ao povoamento, que aos poucos ganhava infraestrutura. Em 1913, cria-se a primeira escola e o povoamento passou a ter abastecimento de [[água]] e [[energia elétrica]].<ref name="Prefeitura_História"/>
 
Dado o desenvolvimento observado na localidade, pela lei estadual nº 556, de 30 de agosto de 1911, é criado o [[distrito]] de Piranguinho, subordinado ao então município de Vila Braz, que passa a denominar-se Brasópolis em 7 de setembro de 1923. Piranguinho emancipa-se pela lei estadual nº 2.764, de 30 de dezembro de 1962, com instalação oficial ocorrida em 1º de março de 1963 e sendo constituído por dois distritos: [[Olegário Maciel (Piranguinho)|Olegário Maciel]] e a Sede. Pela lei nº 970, de 29 de abril de 2004, é criado o distrito de [[Santa Bárbara do Sapucaí]].<ref name="IBGE_Histórico">{{citar web|url=http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/minasgerais/piranguinho.pdf |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/dtbs/minasgerais/piranguinho.pdf |arquivodata=5 de setembro de 2013 |título=Piranguinho - Histórico |autor=[[Enciclopédia dos Municípios Brasileiros]] |data=2007 |publicado=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |acessodata=5 de setembro de 2013 |wayb=20130905231923}}</ref>
 
A economia foi fortalecida na década de 1990 com o crescimento do [[comércio]], apesar de as principais fontes de renda serem representadas pela [[agropecuária]], [[Extrativismo|extração vegetal]] e [[pesca]]. A cidade também destaca-se pela produção de [[Doce (alimento)|doce]]s, tendo passado a ser conhecida nacionalmente como capital do [[pé de moleque]].<ref name="Prefeitura_História"/><ref name="IBGE_Histórico"/>
 
== Geografia ==
A área do município, segundo o [[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE), é de {{fmtn|130124.334803|[[Quilómetro quadrado|km²]]}}, sendo que {{fmtn|0.3682|km²}} constituem a [[zona urbana]] e os {{fmtn|129.965|km²}} restantes constituem a [[zona rural]].<ref name="Embrapa_MG">{{citar web|url=http://www.urbanizacao.cnpm.embrapa.br/conteudo/uf/mg.html |arquivourl=http://www.webcitation.org/62tfmRdzK |arquivodata=6 de maio de 2011 |titulotítulo=Minas Gerais |autor=[[Embrapa Monitoramento por Satélite]] |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref> Situa-se a 22°24'04" de [[latitude]] sul e 45°31'54" de [[longitude]] oeste e está a uma distância de 436 quilômetros a sul da [[Belo Horizonte|capital mineira]]. Seus municípios limítrofes são [[Santa Rita do Sapucaí]], a norte; [[Cachoeira de Minas]], a noroeste; [[Brazópolis]], a oeste; [[Piranguçu]], a sul; [[Itajubá]], a leste; e [[São José do Alegre]], a nordeste.<ref name="cidadesnet.com">{{citar web|url=http://cidadesnet.com/municipios/piranguinho.htm |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://cidadesnet.com/municipios/piranguinho.htm |arquivodata=5 de setembro de 2013 |titulotítulo=Piranguinho - MG |autor=Cidades.Net |acessodata=11 de fevereiro de 2013 |wayb=20130909182720}}</ref>
 
De acordo com a divisão do [[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] vigente desde 2017,<ref>{{citar web|URL=http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/geografia/default_div_int.shtm |título=Divisão Regional do Brasil |autor=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) |data=2017 |acessodata=25 de setembro de 2017 |wayb=20170925170226}}</ref> o município pertence às Regiões Geográficas [[Região geográfica intermediária|Intermediária]] de Pouso Alegre e [[Região geográfica imediata|Imediata]] de Itajubá.<ref name="IBGE_DTB_2017"/> Até então, com a vigência das divisões em [[Microrregiões do Brasil|microrregiões]] e [[Mesorregiões do Brasil|mesorregiões]], o município fazia parte da [[microrregião de Itajubá]], que por sua vez estava incluída na [[mesorregião do Sul e Sudoeste de Minas]].<ref>{{Citar periódico |autor=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) |ano=1990 |título=Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas |jornal=Biblioteca IBGE |página=79–81 |volume=1 |url=http://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv2269_1.pdf |acessadoem=25 de setembro de 2017 |wayb=20170925170313}}</ref>
O [[relevo (geografia)|relevo]] do município de Piranguinho é predominantemente ondulado. Em aproximadamente 75% do território piranguinhense há o predomínio de áreas onduladas, enquanto cerca de 5% é coberto por mares de morros e terrenos montanhosos e os 20% restantes são lugares planos.<ref name="cidadesnet.com"/> A [[altitude]] máxima encontra-se no Pico da Boa Vista, que chega aos {{fmtn|1399}} metros, enquanto que a altitude mínima está na [[foz]] do [[Ribeirão Vargem Grande]], com 902 metros. Já o ponto central da cidade está a 840 m.<ref name="cidadesnet.com"/>
 
O principal rio que passa por Piranguinho é o [[Rio Sapucaí]],<ref>{{citar web|URL=http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2013/01/aumento-de-nivel-dos-rios-deixa-cidades-em-estado-de-atencao.html |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2013/01/aumento-de-nivel-dos-rios-deixa-cidades-em-estado-de-atencao.html |arquivodata=5 de setembro de 2013 |título=Aumento de nível dos rios deixa cidades em estado de atenção |autor=G1 |data=16 de janeiro de 2013 |acessodata=5 de setembro de 2013 |wayb=20130412085938}}</ref> porém o território municipal é banhado por vários pequenos rios e córregos, sendo os principais o [[Ribeirão dos Porcos]] e o [[Ribeirão Piranguinho]], fazendo parte da [[Rio Grande (Minas Gerais)|Bacia do Rio Grande]].<ref name="cidadesnet.com"/> A vegetação predominante no município é a [[Mata Atlântica]], sendo que o principal problema ambiental presente, segundo a prefeitura em 2010, era o assoreamento de corpos d'água. A cidade conta, entretanto, com Conselho Municipal de Meio Ambiente, criado em 2008 e de caráter paritário, Fundo Municipal de Meio Ambiente e realização de licenciamento ambiental de impacto local.<ref name="ODM_7">{{citar web|url=http://www.portalodm.com.br/relatorios/7-qualidade-de-vida-e-respeito-ao-meio-ambiente/mg/piranguinho |arquivourl=http://archive.is/3PuBQ |arquivodata=5 de setembro de 2013 |título=7 - qualidade de vida e respeito ao meio ambiente |autor=Portal ODM |data=2010 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref>
 
A vegetação predominante no município é a [[mata atlântica]], sendo que o principal problema ambiental presente, segundo a prefeitura em 2010, era o assoreamento de corpos d'água. A cidade conta, entretanto, com Conselho Municipal de Meio Ambiente, criado em 2008 e de caráter paritário, Fundo Municipal de Meio Ambiente e realização de licenciamento ambiental de impacto local.<ref name="ODM_7">{{citar web|url=http://www.portalodm.com.br/relatorios/7-qualidade-de-vida-e-respeito-ao-meio-ambiente/mg/piranguinho |arquivourl=http://archive.is/3PuBQ |arquivodata=5 de setembro de 2013 |título=7 - qualidade de vida e respeito ao meio ambiente |autor=Portal ODM |data=2010 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref>
 
=== Clima ===
|Dez_Precip_mm=276.7
|Ano_Precip_mm=1504.9
|fonte=Jornal do Tempo<ref name="Clima">{{citar web|url=http://jornaldotempo.uol.com.br/climatologia.html/Piranguinho-MG/ |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://jornaldotempo.uol.com.br/climatologia.html/Piranguinho-MG/ |arquivodata=5 de setembro de 2013 |título=Climatologia de Piranguinho - MG |autor=[[Instituto Nacional de Meteorologia]] (INMET) |publicado=Jornal do Tempo |acessodata=5 de setembro de 2013 |wayb=20130906014129}}</ref>
|data_de_acesso =
}}
| ano_est =
| ref_est =
| rodape =Fonte: [[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística|Instituto Brasileiro de</br> Geografia e Estatística]] (IBGE)<ref>{{citar web|url=http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/listabl.asp?z=cd&o=19&i=P&c=200 |título=Tabela 200 - População residente por sexo, situação e grupos de idade - Amostra - Características Gerais da População |autor=Sistema IBGE de Recuperação de Dados Automática (SidraSIDRA) |data=2010 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref>
}}
Em 2010, a população do município foi contada pelo [[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) em {{fmtn|8016}} habitantes.<ref name="IBGE_Pop_2010">{{citar web |url=http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2010/tabelas_pdf/total_populacao_minas_gerais.pdf |arquivourl=http://www.webcitation.org/62vRN1jFU |arquivodata=3 de novembro de 2011 |título=Censo 2010 - Minas Gerais |autor=Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) |data=29 de novembro de 2010 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref> Segundo o [[Censo demográfico|censo]] daquele ano, {{fmtn|4066}} habitantes eram homens e {{fmtn|3950}} habitantes mulheres. Ainda segundo o mesmo censo, {{fmtn|4953}} habitantes viviam na [[zona urbana]] e {{fmtn|3063}} na [[zona rural]].<ref name="IBGE_Pop_2010" /> Já segundo estatísticas divulgadas em 2017, a população municipal era de {{fmtn|8597}} habitantes.
 
Em 2010, segundo dados do censo do IBGE daquele ano, a população piranguinhense era composta por {{fmtn|6204}} brancos (77,40%); 232 negros (2,89%); 23 amarelos (0,29%); {{fmtn|1551}} pardos (19,35%) e seis indígenas (0,07%).<ref name="SIDRA_Raça">{{citar web|url=http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/listabl.asp?z=cd&o=19&i=P&c=3145 |titulo=População de Piranguinho por raça e cor |autor=Sidra (Sistema IBGE de Recuperação deAutomática Dados Automática(SIDRA) |data=2000 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref> Considerando-se a [[Regiões do Brasil|região]] de nascimento, 13 eram nascidos na [[Região Norte do Brasil|Região Norte]] (0,17%), 68 na [[Região Nordeste do Brasil|Região Nordeste]] (0,84%), {{fmtn|7803}} no [[Região Sudeste do Brasil|Sudeste]] (97,34%), 104 no [[Região Sul do Brasil|Sul]] (1,29%) e sete no [[Região Centro-Oeste do Brasil|Centro-Oeste]] (0,09%). {{fmtn|7212}} habitantes eram naturais do estado de Minas Gerais (89,97%) e, desse total, {{fmtn|4435}} eram nascidos em Piranguinho (55,33%).<ref>{{citar web|URL=http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/listabl.asp?z=cd&o=5&i=P&c=1505 |título=Tabela 1505 - População residente, por naturalidade em relação ao município e à unidade da federação - Resultados Gerais da Amostra |autor=InstitutoSistema BrasileiroIBGE de GeografiaRecuperação e EstatísticaAutomática (IBGESIDRA) |data=2010 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref> Entre os 804 naturais de outras unidades da federação, [[São Paulo]] era o estado com maior presença, com 530 pessoas (6,61%), seguido pelo [[Paraná]], com 104 residentes (1,29%), e pelo [[Rio de Janeiro]], com 49 habitantes residentes no município (0,61%).<ref>{{citar web|URL=http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/listabl.asp?z=cd&o=5&i=P&c=631 |título=Tabela 631 - População residente, por sexo e lugar de nascimento |autor=InstitutoSistema BrasileiroIBGE de GeografiaRecuperação e EstatísticaAutomática (IBGESIDRA) |data=2010 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref>
 
O [[Índice de Desenvolvimento Humano]] Municipal (IDH-M) de Piranguinho é considerado alto pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento ([[Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento|PNUD]]), sendo que seu valor é de 0,712 (o 1398º maior do Brasil). A cidade possui a maioria dos indicadores próximos à média nacional segundo o PNUD. Considerando-se apenas o índice de educação o valor é de 0,651, o valor do índice de longevidade é de 0,841 e o de renda é de 0,672.<ref name="PNUD_IDH_2010"/> Segundo o IBGE, no ano de 2003 o [[coeficiente de Gini]], que mede a [[Desigualdade econômica|desigualdade social]], era de 0,38, sendo que 1,00 é o pior número e 0,00 é o melhor.<ref name="GINI" /> Naquele ano, a incidência da pobreza, medida pelo IBGE, era de 17,72%, o limite inferior da incidência de pobreza era de 10,84%, o superior era de 24,60% e a incidência da pobreza subjetiva era de 19,84%.<ref name="GINI">{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=mpobreza2003&codmun=315100&nomemun=Piranguinho |título=Indicadores sociais dos municípios brasileiros |autor=Cidades@ - IBGE |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref>
 
De acordo com dados do censo de 2010 realizado pelo IBGE, a população de Piranguinho está composta por: {{fmtn|6672}} [[Catolicismo|católicos]] (83,24%), {{fmtn|1082}} [[Protestantismo|evangélicos]] (13,50%), 115 [[Sem religião|pessoas sem religião]] (1,44%), 41 [[Espiritismo|espíritas]] (0,51%) e 1,31% estão divididas entre outras religiões.<ref name="Religião">{{citar web |url=http://www.sidra.ibge.gov.br/bda/tabela/listabl.asp?z=cd&o=14&i=P&c=2094 |título=Tabela 2094 - População residente por cor ou raça e religião |autor=Sistema IBGE de Recuperação Automática (SidraSIDRA) |data=2010 |acessodata=5 de setembro de 2013}}</ref>
 
== Política e administração ==
[[Imagem:Camara municipal piranguinho.JPG|thumb|esquerdadireita|Sala de sessões da Câmara Municipal de Piranguinho.]]
A administração municipal se dá pelopelos Poderes [[poderPoder executivoExecutivo|Executivo]] e pelo [[poderPoder legislativoLegislativo|Legislativo]].<ref>{{citar web|url=http://jusvi.com/artigos/20074O |arquivourl=http://www.webcitation.org/64iovlywZExecutivo |arquivodata=6é deexercido maiopelo deprefeito, 2012auxiliado |titulo=Opelo Poderseu Públicogabinete Municipalde àsecretários. frenteA daatual obrigaçãoprefeita constitucionalé deHelena criaçãoMaria doda sistemaSilveira, dedo controle interno[[Democratas (Brasil)|autor=FlávioDEM]], Henriqueeleita M.nas Limaeleições |data=8municipais de fevereiro2016 decom 2006 |publicado=JusVi |acessodata=64,6% dedos setembrovotos de 2013}}</ref> Atualmente (2013) o prefeito municipalválidos e representanteempossada doem poder executivode éjaneiro Antoniode Carlos Silva2017, doao [[Partidolado dos Trabalhadores]] (PT),de quePedro venceuValdomiro ascomo [[eleições municipais no Brasil em 2012|eleições municipais de 2012vice-prefeito]] com {{fmtn|2829}} votos (52,68% dos eleitores).<ref name="Terra_Prefeito">{{citar web |url=httphttps://www.eleicoes2012eleicoes2016.info/candidatos-prefeito-piranguinho-mg/ |arquivourl=http://webcom.archive.orgbr/liveweb/http://www.eleicoes2012.info/candidatoshelena-prefeito-piranguinhodem-mg/ |arquivodatatítulo=6Helena de setembro de 2013 |titulo=Candidatos a Prefeito Piranguinho/MG25 |autor=Eleições 20122016 |data=72 de outubro de 20122016 |acessodata=627 de setembro de 20132017 |wayb=20170927175758}}</ref> O oPoder poderLegislativo, legislativopor sua vez, é constituído pela [[Câmara municipal (Brasil)|câmara municipal]], composta por nove vereadores eleitos para mandatos de quatro anos (em observância ao disposto no artigo 29 da [[Constituiçãovereador]]es.<ref name="vereadores">{{citar web |url=http://www.djieleicoes2012.com.brinfo/constituicao_federalcandidatos-vereador-piranguinho-mg/cf029a031.htm |arquivourltitulo=http://www.webcitation.org/64ioyjB1vCandidatos |arquivodata=6a deVereador maio de 2012Piranguinho/MG |autor=DJIEleições 2012 |titulodata=Constituição7 Federalde -outubro CF - 1988 / Art. 29de 2012 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130906180110}}</ref>) e está composta por duas cadeiras do Partido dos Trabalhadores (PT), duas cadeiras do [[Partido do Movimento Democrático Brasileiro]] (PMDB), duas cadeiras do [[Partido da República]] (PR), uma cadeira do [[Democratas (Brasil)|Democratas]] (DEM), uma do [[Partido da Social Democracia Brasileira]] (PSDB) e uma do [[Partido Democrático Trabalhista]] (PDT). Cabe à casa elaborar e votar leis fundamentais à administração e ao executivoExecutivo, especialmente o orçamento participativo ([[Lei de Diretrizes Orçamentárias]]).<ref name="vereadores">{{citar web |url=http://wwwjusvi.eleicoes2012.infocom/candidatos-vereador-piranguinho-mgartigos/20074 |arquivourl=http://webwww.archivewebcitation.org/liveweb/http://www.eleicoes2012.info/candidatos-vereador-piranguinho-mg/64iovlywZ |arquivodata=6 de setembromaio de 20132012 |titulo=CandidatosO aPoder VereadorPúblico Piranguinho/MGMunicipal à frente da obrigação constitucional de criação do sistema de controle interno |autor=EleiçõesFlávio 2012Henrique M. Lima |data=78 de outubrofevereiro de 20122006 |publicado=JusVi |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref>
 
ApesarPiranguinho dese nãorege serpor sede de umasua [[comarcalei orgânica]], opromulgada municípioem pertence24 àde Comarcamarço de Brazópolis1990,<ref classificadaname="Orgânica">{{citar deweb|url=http://www.camaradepiranguinho.com.br/arquivos/leis/lei-organica-000.pdf primeira|título=Lei entrância,Orgânica quedo reúne, alémmunicípio de Piranguinho, o|autor=Prefeitura município|acessodata=27 vizinhode setembro de 2017 |wayb=20170927174958}}</ref> e é termo da [[Comarca de Brazópolis]], edo foiPoder Judiciário estadual, de primeira entrância, instaladacriada em 1º de janeiro de 1926.<ref>{{citar web|URL=http://www8.tjmg.jus.br/servicos/gj/guia/docs/comarcas.pdf |arquivourl=http://www.webcitation.org/6IJQakSYY |arquivodata=22 de julho de 2013 |título=Relação das Comarcas |autor=Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) |data=21 de julho de 2013 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref> HaviaO município possuía, em julho de 2017, {{fmtn|66629392}} [[eleitor]]es, emde julhoacordo decom 2013o [[Tribunal Superior Eleitoral]] (TSE), o que representavarepresenta 0,04406% do totaleleitorado do estado de Minas Geraismineiro.<ref>{{citar web|url=http://www.tse.jus.br/eleicoes/estatisticas/consulta-quantitativo |título=Consulta Quantitativo |data=12 de abril de 2013 |autor=[[Tribunal Superior Eleitoral]] (TSE) |acessodata=627 de setembro de 20132017}}</ref>
{{Limpar}}
 
== Economia ==
 
Na [[Agricultura|lavoura]] temporária são produzidos principalmente a [[cana-de-açúcar]] (900 toneladas produzidas e 20 hectares cultivados), o [[milho]] (50 toneladas e 300 hectares) e a [[mandioca]] (180 toneladas e 6 hectares), além do [[arroz]], [[batata-doce]], [[ervilha]], [[feijão]] e [[tomate]].<ref name="IBGE_Lavoura">{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=lavtemp2011&codmun=315100&nomemun=Piranguinho |titulo=Lavoura Temporária 2010 |autor=Cidades@ - IBGE |data=2011 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref> Já na lavoura permanente destacam-se a [[banana]], o [[café]], a [[laranja]], o [[limão]], o [[mamão]], o [[maracujá]] e a [[tangerina]].<ref>{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=lavperm2011&codmun=315100&nomemun=Piranguinho |título=Lavoura Permanente 2011 |autor=Cidades@ - IBGE |data=2011 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref>
[[Ficheiro:Piranguinho (3).jpg|thumb|direita|Comércio em Piranguinho.]]
 
; '''Setores secundário e terciário'''
[[Ficheiro:Piranguinho (3).jpg|thumb|direita|Comércio em Piranguinho.]]
A [[indústria]], em 2010, era o setor menos relevante para a economia do município. {{fmtn|6563}} reais do PIB municipal eram do valor adicionado bruto da indústria (setor secundário).<ref name="IBGE_PIB"/> A produção industrial ainda é muito incipiente na cidade, mesmo que comece a dar sinais de aprimoramento,<ref name="Prefeitura_História"/> sendo resumida principalmente à fabricação de produtos alimentícios, à transformação mineral ou pequenas fábricas. Segundo estatísticas do ano de 2000, 801 pessoas estavam ocupadas no setor industrial.<ref name="cidadesnet.com"/>
 
== Infraestrutura ==
=== Habitação e criminalidade ===
[[Ficheiro:Piranguinho.jpg|thumb|esquerdadireita|Área residencial em Piranguinho.]]
No ano de 2010 a cidade tinha {{fmtn|2408}} [[domicílio]]s particulares permanentes. Desse total, {{fmtn|2387}} eram casas, 20 eram apartamentos e um era habitação em casa de vila ou em condomínio. Do total de domicílios, {{fmtn|1758}} são imóveis próprios ({{fmtn|1699}} já quitados e 59 em aquisição); 314 foram alugados; 327 foram cedidos (171 cedidos por empregador e 156 cedidos de outra forma) e nove foram ocupados de outra maneira.<ref name="IBGE_Domicílios"/> Parte dessas residências conta com água tratada, [[energia elétrica]], [[Águas residuais|esgoto]], [[Resíduos sólidos|limpeza urbana]], [[Rede de telefonia fixa|telefonia fixa]] e [[Rede de telefonia celular|telefonia celular]]. {{fmtn|1516}} domicílios eram atendidos pela [[Água potável|rede geral de abastecimento de água]] (62,95% do total); {{fmtn|2404}} (99,83%) possuíam banheiros para uso exclusivo das residências; {{fmtn|2310}} (95,93% deles) eram atendidos por algum tipo de serviço de coleta de lixo; e {{fmtn|2404}} (99,83%) possuíam abastecimento de energia elétrica.<ref name="IBGE_Domicílios">{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=result_univer_censo2010&codmun=315100&nomemun=Piranguinho |título=Censo Demográfico 2010: Características da População e dos Domicílios: Resultados do Universo |autor=Cidades@ - IBGE |data=2010 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref>
 
<center>
{| class=wikitable style="float:center; margin:1em; border-collapse:border; text-align:center;"
! colspan="7" style="background:gray#DCDCDC;" |Educação de Piranguinho em números (2012)<ref name="IBGE_Educação">{{Citar web |url=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=educa&codmun=315100&nomemun=Piranguinho |título=Ensino, matrículas, docentes e rede escolar 2009 |autor=Cidades@ - IBGE |data=2012 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref>
|- pré-escolar 126.100 72,91 7.314 1.492 49,40 754.390 81,48 31.783 1.718 62,98 médio 248.179 85,50 13.452 51,94 285.379 18,38 20.959 9,09
! '''Nível'''
 
=== Comunicação e serviços básicos ===
O código de área ([[Discagem direta a distância|DDD]]) de Piranguinho é 035<ref>{{citar web|url=http://dddcidade.com.br/piranguinho/ |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://dddcidade.com.br/piranguinho/ |arquivodata=16 de julho de 2012 |titulotítulo=DDD |autor=DDD Cidade |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130906193533}}</ref> e o [[Código postal|Código de Endereçamento Postal]] (CEP) é 37508-000.<ref>{{citar web|url=http://www.correios.com.br/ |titulo=CEP de cidades brasileiras |autor=[[Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos|Correios]] |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref> No dia 12 de janeiro de 2009 o município passou a ser servido pela [[Portabilidade de números telefónicos|portabilidade]], juntamente com outros municípios com o mesmo DDD. A portabilidade é um serviço que possibilita a troca da operadora sem a necessidade de se trocar o número do aparelho.<ref>{{citar web|url=http://www.otempo.com.br/capa/economia/portabilidade-chega-aos-ddds-34-e-35-1.249608 |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.otempo.com.br/capa/economia/portabilidade-chega-aos-ddds-34-e-35-1.249608 |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Portabilidade chega aos DDDs 34 e 35 |autor=Ana Paula Pedrosa |data=12 de janeiro de 2009 |publicado=O Tempo |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130906193545}}</ref>
 
A responsável pelo serviço de abastecimento de energia elétrica é a [[Companhia Energética de Minas Gerais]] (Cemig). Segundo a empresa, em 2003 havia {{fmtn|2636}} consumidores e foram consumidos {{fmtn|5060514}} [[KWh]] de energia.<ref name="cidadesnet.com"/> O serviço de coleta de esgoto é feito pela própria prefeitura, enquanto que o abastecimento de água da cidade é feito pela [[Companhia de Saneamento de Minas Gerais]] (Copasa),<ref name="cidadesnet.com"/> sendo que em 2008 havia {{fmtn|1980}} unidades consumidoras e eram distribuídos em média {{fmtn|859}} m³ de água tratada por dia.<ref>{{citar web|URL=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=saneamentobasico&codmun=315100&nomemun=Piranguinho |título=Pesquisa Nacional de Saneamento Básico - 2008 |autor=Cidades@ - IBGE |data=2008 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref> Desde 1913 há abastecimento água e energia elétrica em Piranguinho.<ref name="Prefeitura_História" />
 
=== Transportes ===
[[Ficheiro:Rodovia br459 piranguinho1.JPG|thumb|direita|Trecho da [[BR-259459]] em Piranguinho.]]
A frota municipal no ano de 2012 era de {{fmtn|2586}} veículos, sendo {{fmtn|1463}} automóveis, 180 caminhões, nove caminhões trator, 214 caminhonetes, 60 caminhonetas, 22 micro-ônibus, 547 motocicletas, 17 motonetas, 19 ônibus, nove utilitários e 46 classificados como outros tipos de veículos.<ref name="IBGE_Frota">{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/cidadesat/xtras/csv.php?tabela=frota&codmun=315100&nomemun=Piranguinho |título=Frota 2010 |autor=Cidades@ - IBGE |data=2012 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref> A principal rodovia que corta o município é a [[BR-459]], que liga [[Paraty (Rio de Janeiro)|Paraty]], no [[Rio de Janeiro]], a [[Poços de Caldas]]. Também há a [[BR-381]], que começa em [[São Mateus (Espírito Santo)|São Mateus]], no litoral do [[Espírito Santo (estado)|Espírito Santo]], passa por [[Governador Valadares]], pela [[Região Metropolitana do Vale do Aço]], [[Região Metropolitana de Belo Horizonte]] e sul de Minas e termina na cidade de [[São Paulo (cidade)|São Paulo]]; e a [[MG-295]], que liga o município às cidades vizinhas como [[Brasópolis]], [[Paraisópolis]] e [[Cambuí]].<ref name="cidadesnet.com"/><ref name="Google">[http://maps.google.com.br/ Google Maps]. Acessado em 6 de setembro de 2013.</ref>
 
Na década de 1890, o então povoado de Piranguinho passou a ter transporte ferroviário, sendo atendido pela [[Viação Férrea Sapucaí|Estrada de Ferro Sapucaí]], cujas obras de construção deram início ao povoamento da região da atual cidade. Duas estações situavam-se na localidade, sendo que a principal foi inaugurada em 29 de abril de 1892, tendo funcionado até o final da década de 1970, quando a ferrovia foi desativada.<ref>{{citar web|URL=http://www.estacoesferroviarias.com.br/rmv_sapucai/piranguinho.htm |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://www.estacoesferroviarias.com.br/rmv_sapucai/piranguinho.htm |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Piranguinho |autor=Estações Ferroviárias do Brasil |data=9 de março de 2011 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20131004224731}}</ref> A outra estação situava-se no distrito de [[Olegário Maciel (Piranguinho)|Olegário Maciel]], em um prédio que hoje é usado como escola, tendo sido inaugurada em 23 de agosto de 1894.<ref>{{citar web|URL=http://www.estacoesferroviarias.com.br/rmv_sapucai/olegmaciel.htm |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://www.estacoesferroviarias.com.br/rmv_sapucai/olegmaciel.htm |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Olegário Maciel |autor=Estações Ferroviárias do Brasil |data=9 de junho de 2011 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20141021220414}}</ref>
 
== Cultura ==
=== Manifestações culturais ===
[[Ficheiro:Estatua Piranguinho MG.JPG|thumb|esquerda|upright|Estátua na entrada de Piranguinho representando o [[pé de moleque]], inaugurada em junho de 2012, durante a VII Festa do Maior Pé De Moleque do Mundo.]]
Para estimular o desenvolvimento socioeconômico local, a prefeitura de Piranguinho, juntamente ou não com instituições locais, passou a investir mais no segmento de festas e eventos.<ref name="IBGE_Eventos">{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/munic2005/ver_tema.php?tema=t8_5&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.ibge.gov.br/munic2005/ver_tema.php?tema=t8_5&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Principais festas populares |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=2005 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907003600}}</ref> Os principais eventos são o [[Carnaval]], organizado em fevereiro ou março, com desfiles dos [[Bloco de carnaval|blocos carnavalescos]] formados por grupos da cidade, [[Marchinha de Carnaval|marchinhas]], concursos e shows com bandas regionais;<ref name="Carnaval">{{citar web|URL=http://www.minasgerais.com.br/eventos/4528-piranguinho-piranguifolia/ |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.minasgerais.com.br/eventos/4528-piranguinho-piranguifolia/ |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Piranguifolia |autor=Secretaria de Turismo de Minas Gerais |data=4 de março de 2011 |acessodata=11 de fevereiro de 2013 |wayb=20130907003624}}</ref> as [[festa junina|festas juninas]], em junho ou julho, que são realizadas anualmente e em algumas edições atraem cerca de 8 mil pessoas durante os dias dos eventos, sendo uma das mais conhecidas da região e contando com shows com bandas locais, exposições e barracas de alimentação com comidas típicas e tradicionais, em grande parte produzidas na própria cidade;<ref>{{citar web|URL=http://www.acemprol.com/o-pe-de-moleque-gigante-e-atracao-nas-festas-juninas-t10131.html |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.acemprol.com/o-pe-de-moleque-gigante-e-atracao-nas-festas-juninas-t10131.html |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=O Pé-de-moleque gigante é atração nas festas juninas |autor=Acemprol |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907003657}}</ref><ref name="MG_Eventos">{{citar web|URL=http://www.minasgerais.com.br/wp-content/uploads/2013/09/Calendario-de-Eventos-2-SEMESTRE-2013.pdf |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.minasgerais.com.br/wp-content/uploads/2013/09/Calendario-de-Eventos-2-SEMESTRE-2013.pdf |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Calendário de eventos turísticos em Minas Gerais 2013 |autor=Secretaria de Turismo de Minas Gerais |data=12 de agosto de 2013 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907003721}}</ref> a Festa de [[Isabel (Bíblia)|Santa Isabel]], na semana de seu dia, 4 de julho, com shows musicais, barracas com comidas típicas, [[procissão|procissões]] e missas;<ref name="MG_Eventos"/> a Festa de [[Santa Ifigênia]], em setembro;<ref name="IBGE_Eventos"/> e as comemorações de [[Natal]], durante o mês de dezembro.<ref name="MG_Eventos"/>
 
A cidade possui uma tradição muito forte na produção e comércio do [[pé de moleque]]. Assim, anualmente ocorre a "Festa do Maior Pé de Moleque do Mundo", unindo as tradicionais festas juninas de Minas Gerais com a produção do doce, que é considerado [[patrimônio cultural imaterial]] do estado. O principal atrativo da festa é justamente o maior pé de moleque do mundo, que é feito com parceria das diversas barracas e restaurantes da cidade que produzem o doce. Em 2012, na sua sétima edição, foi feito um doce de pé de moleque com 17 metros de comprimento e 800 quilos.<ref>{{citar web|url=http://www.guiacuca.com.br/evento/festa-do-maior-pe-de-moleque-do-mundo-2012 |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://www.guiacuca.com.br/evento/festa-do-maior-pe-de-moleque-do-mundo-2012 |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Guia Cuca - Festa do Maior Pé de Moleque do Mundo 2012 |autor=Guia Cuca |data=17 de junho de 2012 |acessodata=11 de fevereiro de 2013 |wayb=20120308231040}}</ref><ref>{{citar web|url=http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2012/06/maior-pe-de-moleque-do-mundo-chega-17-metros-e-800-quilos.html |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://g1.globo.com/mg/sul-de-minas/noticia/2012/06/maior-pe-de-moleque-do-mundo-chega-17-metros-e-800-quilos.html |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=G1 - Pé de moleque gigante chega a 17 metros e 800 quilos em Piranguinho |autor=G1 |data=18 de junho de 2012 |acessodata=11 de fevereiro de 2013 |wayb=20160304043812}}</ref>
 
=== Instituições ===
Piranguinho conta com um conselho de preservação do patrimônio, criado em 2002 e de caráter consultivo, deliberativo, normativo e fiscalizador.<ref>{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_2&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_2&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Conselho municipal de cultura e de preservação do patrimônio |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=2012 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907003902}}</ref> Dentre os espaços culturais, destaca-se a existência uma [[biblioteca]] mantida pelo poder público municipal, dois estádios ou ginásios poliesportivos, também mantidos pelo município, clubes e associações recreativas, um arquivo público municipal e [[centro cultural]] destinado a atividades artístico-culturais, segundo o IBGE em 2005 e 2012.<ref>{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/munic2005/ver_tema.php?tema=t8_2&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.ibge.gov.br/munic2005/ver_tema.php?tema=t8_2&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Equipamentos culturais |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=2005 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907003920}}</ref><ref>{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_3&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_3&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Equipamentos culturais e meios de comunicação |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=2005 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907003937}}</ref>
[[Ficheiro:Igreja de Santa Isabel - Piranguinho, Minas Gerais.jpg|thumb|direita|upright|Fachada da Igreja de Santa Isabel, construída em 1945 e situada na Praça Coronel Bráz.]]
 
Também há existência de manifestações tradicionais populares, grupos de [[teatro]], [[dança]], [[música]] e [[capoeira]], [[Banda musical|banda]]s, [[Coro (música)|corais]], blocos carnavalescos e instituições com foco ao [[desenho]] e [[pintura]], de acordo com o IBGE em 2012.<ref>{{citar web|URL=http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_5&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_5&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Grupos artísticos |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=2012 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907004024}}</ref> O [[artesanato]] também é uma das formas mais espontâneas da [[expressão cultural]] piranguinhense, sendo que, segundo o IBGE, as principais atividades artesanais desenvolvidas em Piranguinho são a culinária típica, trabalhos com [[madeira]] e construção de produtos envolvendo [[reciclagem|materiais recicláveis]].<ref>{{citar web|url=http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_4&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivourl=http://web.archive.org/liveweb/http://www.ibge.gov.br/munic2012/ver_tema.php?tema=t6_4&munic=315100&uf=&nome=Piranguinho |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Principais atividades artesanais |autor=[[Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística]] (IBGE) |data=2012 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20130907004012}}</ref>
 
=== Atrativos arquitetônicos ===
Piranguinho, juntamente com os municípios de [[Conceição das Pedras]], [[Cristina (Minas Gerais)|Cristina]], [[Delfim Moreira (Minas Gerais)|Delfim Moreira]], [[Itajubá]], [[Marmelópolis]], [[Pedralva (Minas Gerais)|Pedralva]], [[Piranguçu]], [[Santa Rita do Sapucaí]], [[São José do Alegre]] e [[Wenceslau Braz (Minas Gerais)|Wenceslau Braz]], faz parte do [[Caminhos do Sul de Minas]], que foi criado em 26 de março de 2006 pela Secretaria de Estado de Turismo com o objetivo de estimular o turismo na região dessas cidades.<ref>{{citar web|URL=http://www.turismo.mg.gov.br/images/stories/circuitos/lista-circuitos.pdf |arquivourl=http://www.webcitation.org/6GYuYfjSZ |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Circuitos Turísticos de Minas Gerais |autor=Secretaria de Turismo de Minas Gerais |data=28 de novembro de 2011 |acessodata=6 de setembro de 2013}}</ref>
 
Alguns dos principais atrativos concretos do município são a ponte entre Piranguinho e [[Itajubá]], que foi construída no final do século XIX, inicialmente como ponte ferroviária da [[Viação Férrea Sapucaí|Estrada de Ferro Sapucaí]]; a estação ferroviária do distrito de [[Olegário Maciel (Piranguinho)|Olegário Maciel]], que apesar de ter sido desativada na década de 1970 ainda preserva sua arquitetura original da década de 1890; a Praça Coronel Bráz, com seus jardins arborizados, sendo onde situa-se a Igreja Matriz de Santa Isabel, construída em 1945, e o Monumento Abraço, instalado em maio de 2006 em homenagem aos primeiros moradores de Piranguinho; o Marco Zero da cidade, próximo ao local onde tiveram início as obras da ferrovia, às margens do [[Ribeirão dos Porcos]]; e a Igreja de Nossa Senhora do Carmo, construída em 1875 e tombada como patrimônio histórico municipal em 2003.<ref name="Prefeitura_Atrativos">{{citar web|URL=http://www.piranguinho.mg.gov.br/portal1/municipio/ponto_turistico.asp?iIdMun=100131599 |arquivourl=http://web.archive.org/web/*/http://www.piranguinho.mg.gov.br/portal1/municipio/ponto_turistico.asp?iIdMun=100131599 |arquivodata=6 de setembro de 2013 |título=Pontos Turísticos |autor=Prefeitura |data=9 de setembro de 2005 |acessodata=6 de setembro de 2013 |wayb=20080629001740}}</ref>
 
== Ver também ==
* [[Anexo:Lista de municípios de Minas Gerais]]
* [[Anexo:Lista de municípios da região Sudeste do Brasil]]
* [[Lista de municípios do Brasil|Anexo:Lista de municípios do Brasil]]
 
{{Referências|col=3}}
134 659

edições