Diferenças entre edições de "Siegbert Tarrasch"

1 byte removido ,  01h10min de 28 de setembro de 2017
m
sem resumo de edição
m (ajustes gerais nas citações usando script)
m
'''Siegbert Tarrasch''' ([[Breslávia]], [[5 de março]] de [[1862]] {{mdash}} [[Munique]], [[17 de fevereiro]] de [[1934]]) foi um dos mais fortes enxadristas do fim do [[século XIX]] e início do [[século XX]], chegou a ser um dos quatro melhores do mundo. Médico [[judeu]] e patriota [[Alemanha|alemão]], perdeu o filho na [[Primeira Guerra Mundial]]. Por conta de sua longevidade, não escapou ao sofrimento das perseguições [[Nazismo|nazistas]].
 
Tarrasch era um dos quatro melhores jogadores do mundo (junto com [[Wilhelm Steinitz]], [[Emanuel Lasker]] e [[Mikhail Chigorin|Chigorin]]) por quase 20 anos até ele perder um título para [[Lasker]] em 1908. Ele ocupa uma única posição na literatura enxadrística e hoje é lembrado principalmente como um grande professor de xadrez. Sua palavra era lei. Unindo teorias de [[Paul Morphy|Morphy]] e [[Wilhelm Steinitz|Steinitz]], ele pregou o valor da mobilidade e desenvolvimento rápido, pioneiro do ataque que pacientemenetepacientemente acumulava pequenas vantagens até ele somar para uma grande pancada. Ele protegeu a Variante das Defesas Abertas da [[Ruy Lopez]] e da Francesa e a [[Defesa Tarrasch]] onde ele acreditava que a mobilidade das peças pretas resolveriam seu peão isolado da dama.
 
== Principais resultados em torneios ==
8

edições