Abrir menu principal

Alterações

575 bytes adicionados ,  19h55min de 28 de setembro de 2017
!Notas
|-
| Úlico Gamp ||1707-1718 || Primeiro Ministro da Magia, antes presidente do Wizengamot, Gamp teve o penoso trabalho de gerir uma comunidade turbulenta e apavorada, ainda se ajustando à imposição do Estatuto Internacional de Sigilo. Seu maior legado foi fundar o Departamento de Execução das Leis da Magia. Durante o seu governo, ocorria no mundo trouxa a [[Guerra de Sucessão Espanhola]].
|-
| Dâmocles Rowle || 1718–1726 || Rowle foi eleito com a plataforma de ser "duro com os trouxas". Censurado pela Confederação Internacional de Bruxos, acabou forçado a se demitir do cargo. Inaugurou a prisão de 'Azkaban' na ilha no [[Mar do Norte]].
| Perseu Parkinson || 1726–1733 || Tentou aprovar um projeto de lei que tornava ilegal o casamento com trouxas. Interpretou mal o ânimo público: a comunidade bruxa, cansada do sentimento antitrouxa e querendo paz, votou por sua saída na primeira oportunidade.
|-
|Eldrich Diggory || 1733-1747 || Um dos mais eficientes Ministros na história; possuia, segundo [[Garrick Ollivander]], uma varinha de choupo. O primeiro a estabelecer um programa de recrutamento para aurores. Morreu durante o mandato (por varíola de dragão). Durante o seu governo, ocorria no mundo trouxa a [[Guerra de Sucessão Austríaca]].
|-
| Alberto Boot || 1747–1752 || Amigável, mas inepto. Demitiu-se após uma revolta dos duendes mal administrada.
|-
| Basílio Flack || 1752–1752 || Ministro com menor tempo de serviço. Durou dois meses; demitiu-se depois que os duendes uniram forças com os lobisomens.
|-
| Hefesto Gore || 1752–1770 || Gore foi um dos primeiros aurores. Teve sucesso em sufocar uma série de revoltas de seres mágicos, mas os historiadores acreditam que sua recusa em estabelecer programas de reabilitação para lobisomens acabou produzindo mais ataques. Renovou e reforçou a prisão de Azkaban. Durante o seu governo, ocorreu no mundo trouxa a [[Guerra dos 7 anos]].
|-
| Maximiliano Crowdy || 1770–1781 || Pai de nove filhos, Crowdy foi um líder carismático que erradicou vários grupos de puros-sangues que planejavam ataques aos trouxas. Sua morte misteriosa durante o mandato foi tema de vários livros e teorias da conspiração. Durante o seu governo, ocorreu no mundo trouxa a [[Revolução Americana]].
|-
| Porteu Knatchbull || 1781–1789 || Chamado secretamente em 1782 pelo Primeiro Ministro trouxa da época, Lord North, para ver se podia ajudá-lo com a crescente instabilidade mental do rei Jorge III. Espalhou-se a notícia de que Lord North acreditava em bruxos, forçando-o a deixar o posto após uma moção de censura. Durante o início de seu governo, no mundo trouxa a [[Revolução Americana]] estava em seus anos finais.
|-
| Unctuous Osbert || 1789–1798 || Visto como tremendamente influenciado por bruxos de sangue puro com riqueza e status. Ministro fortemente influenciado na sua política pelos interesses da família Malfoy; contemporâneos afirmavam que o Ministro era pouco mais do que uma marioneta nas mãos de Septimus Malfoy, um influente oficial do Ministério. Durante o seu governo, ocorria no mundo trouxa a [[Revolução Francesa]].
|-
| [[Artemisia Lufkin]] || 1798–1811 || Primeira mulher a dirigir o Ministério da Magia. Estabeleceu o Departamento de Cooperação Internacional em Magia e fez grande lobby até conseguir um torneio da Copa Mundial de Quadribol na Grã-Bretanha durante seu mandato. Durante o seu governo, ocorria no mundo trouxa as [[Guerras Napoleônicas]]
|-
| Grogan Stump || 1811–1819 || Ministro da Magia muito popular, fã apaixonado de Quadribol (Tutshill Tornados), estabeleceu o Departamento de Jogos e Esportes Mágicos e conseguiu definir uma legislação diferenciando feras e seres mágicos, algo que há muito tempo era fonte de dissensões. Dedicou-se principalmente à nomenclatura dos monstros e dos seres e criou as três divisões do Departamento de Regulação e Controle das Criaturas Mágicas: dos Seres, dos Monstros e dos Espíritos.
1 213

edições