Diferenças entre edições de "Grémio Literário de Lisboa"

277 bytes adicionados ,  09h13min de 10 de outubro de 2017
sem resumo de edição
|estado =
|propósito = Promover o convívio e a actividade intelectual
|sede = Palacete Loures, R. Ivens 37n.º 35 a 43, [[Lisboa]]
|membros =
|língua =
|fundadores_nome = [[Alexandre Herculano]], [[Almeida Garrett]], [[Rodrigo da Fonseca]], [[Fontes Pereira de Melo]], [[Rodrigues Sampaio]], [[Bernardo de Sá Nogueira|Sá da Bandeira]], [[Anselmo Braamcamp]] e o [[duque de Loulé]]
}}
O '''Grémio Literário de Lisboa''' <small>[[Ordem Militar de Sant'Iago da Espada|MHSE]]</small> é uma instituição portuguesa de [[utilidade pública]], cujo objectivo é o de promover o convívio e a actividade intelectual através de cursos, conferências, reuniões, correspondência internacional, recitais, entre outras. Foi fundado por [[carta régia]] de D. [[Maria II de Portugal]] e D. [[Fernando II de Portugal]], em [[18 de abril]] de [[1846]] - ''…Considerando eu, que o fim d’esta associação é a cultura das lettras, e que pela ilustração intellectual póde ella concorrer para o aperfeiçoamento moral''.<ref>[http://www.gremioliterario.pt/carta_regia.php sítio oficial do Grémio Literário - Carta Régia], página visitada em 17-10-2010</ref><br>
O edifício onde se encontra sedeado o Grémio (Palacete Loures), assim como o jardim e o património integrado, está proposto para ser classificado como [[Monumento de Interesse Público]]<ref>https://dre.pt/application/file/a/108269572</ref>.
 
== Fundação ==