Alamir Biacamilá: diferenças entre revisões

116 bytes removidos ,  13 de outubro de 2017
sem resumo de edição
m (Renato de carvalho ferreira moveu Al-Amir para Alamir Biacamilá)
{{Info/Monarca
|nome = Alamir Biacamilá
|nome = Al-Amir<br>الآمر بأحكام الله
|título = 10º [[Califa fatímida]]
|reinado = {{dtlink|||1101}} — {{dtlink|7|10|1130}}
|imagem =
[[Imagem:|imagem = Fatimid dinar - al-Amir bi-Ahkam Allah.jpg|200px|thumb|esquerda|[[Dinar]] de Al-Amir]]
|legenda =
|legenda = [[Dinar]] de Alamir
|reinado = {{dtlink|||1101}} — {{dtlink|7|10|1130}}
|antecessor = [[al-Musta'li]]
|outrostítulos =
|sucessor = [[Hafiz (califa)|Hafiz]]
|nome completo = Al-Āmir bi'Aḥkāmi l-Lah
|suc-tipo = primo
|antecessor =[[al-Musta'li]]
|sucessorfilhos = [[Al-HafizTaiabe Abi Alcacim]]
|dinastia = [[Califado Fatímida|Fatímida]]
|suc-tipo =primo
|pai = [[al-Musta'li]]
|herdeiro =
|nascimento = {{dni|||1096|si}}
|esposa 1 =
|morte = {{morte|7|10|1130|||1096}}
|filhos =[[Taiyab abi al-Qasim]]
|dinastia =[[Califado Fatímida|Fatímida]]
|pai =[[al-Musta'li]]
|mãe =
|nascimento ={{dni|||1096|si}}
|cidadenatal=
|morte ={{morte|7|10|1130|||1096}}
|cidademorte =
|sepultamento=
}}
'''Al-ĀmirAlamir bi'Aḥkāmi l-LahBiacamilá''' ({{lang-ar|الآمر بأحكام الله||''Al-Āmir bi'Aḥkāmi l-Lah''}}) foi o décimo [[califa fatímida]] e reinou entre 1101 e 1130. Ele é reconhecido como o 20º [[imam]] pelos [[muçulmanos]] [[xiitas]] [[ismailitas]] da seita [[mustaali]].
 
== Biografia ==
[[Imagem:Fatimid dinar - al-Amir bi-Ahkam Allah.jpg|200px|thumb|esquerda|[[Dinar]] de Al-Amir]]
 
Como seu pai, [[al-Musta'li]] ({{nwrap|r. |1094-|1101)}}, al-AmirAlamir foi controlado pelo seu regente e [[vizir]] [[Lavendálio]] {{nwrap||1094|1121}} e teve pouca influência sobre os assuntos de estado. Porém, após a queda de Lavendálio em 1121, ele conseguiu tomar o controle do governo. Seu reinado, porém, foi manchado pela perda de [[Tiro]], no [[Líbano]], para os [[cruzados]], além da continuação do cisma entre os [[nizari]] e os [[mustaali]] (partidários dos dois irmãos filhos de [[Almostancir do Cairo|Almostancir]], [[Nizar]] e [[al-Musta'li]], respectivamente). O conflito atingiu o seu ápice no assassinato do califa al-AmirAlamir em 7 de outubro de 1130.
 
Sua morte provocou ainda mais conflitos pelo poder, através dos quais [[al-Hafiz (califa)|Hafiz]], um primo de al-AmirAlamir, eventualmente ascendeu ao poder. Um novo cisma nasceu quando os ''[[{{ilc|taiabidas||taiyabi]]''}} alegaram que [[Taiabe Abi Alcacim]], o filho de quatro anos de al-AmirAlamir seria o sucessor legítimo como [[imam]].
 
== Ver também ==
{{S-bef|antes=[[al-Musta'li]]}}
{{s-ttl|titulo=[[Califas fatímidas]]|anos=1101–1130}}
{{S-aft|depois=[[Al-Hafiz (califa)|Hafiz]]}}
{{End}}