Abrir menu principal

Alterações

42 bytes removidos, 20h26min de 13 de outubro de 2017
sem resumo de edição
 
==Xarifado==
O xerifado ou xarifado {{lang-ar|مشيخة}}, ''Mashyakhah'') foi uma forma de divisão e governo comum no [[mundo árabe]], actualmente desaparecida. Mais que uma zona geográfica definida com exactidão, o xerifado é a zona sob controlo ou administração por um [[Xarife|xerife]] (as-Shariff). Algo da história o destino dos xerifados teve desfechos diferentes: alguns evoluíram para [[emirado]]s e posteriormente nações (ex. [[Emirados Árabes Unidos]]), na na sua maioria foram extintos pelas fronteiras dos [[estado-nação]] (ex. o rei [[Abdullah {{lknb|Abdulá|I |da Jordânia|Abdullah I]]}} da [[Jordânia]] que era o xerife de [[Meca]], perder esse título aquando da criação da [[Arábia Saudita]]).
 
== No [[Magrebe]] ==
[[Imagem:Idrisids vectori map-pt.svg|thumb|[[Califado Idríssida]] e Estados vizinhos]]
 
[[Idris I°]] (''MoulayMulai Idriss''Idris) era bisneto de [[Ali ibn Abi Talib]] e de [[FatimaFátima bint(filha Muhammadde Maomé)|Fátima]], filha de [[Maomé]]. Idris fugiu para Marrocos para escapar ao massacre da sua família pelos [[Abássidas]] em [[786]]. Em [[788]], foi acolhido pelos [[berberes]] da região de ''Walili''Ualili ([[Volubilis]]), uma cidade fundada pelos romanos cerca de [[Mequinez]]. Ele é o fundador da cidade de [[Fez]]. Morreu possivelmente envenenado por um funcionário enviado pelo califa [[Harun al-Rashid|HarounHarune al-RashidArraxide]] em [[791]], deixando sua esposa Kenza grávida. O seu filho [[Idris II]], subiu ao trono com a idade de onze anos. O seu túmulo situa-se em [[Moulay Idriss Zerhoun]], aldeia na encosta de uma montanha perto das ruínas de Volubilis.
 
Os '''chorfas''' [[idríssidas]] vivem no norte do [[Marrocos]]: Fez, [[Ouazzane]], [[Tânger]], [[Taza]], [[Melilha]], [[RabatRebate]], [[saléSalé]], [[Oujda]] e [[Tetuão]].
 
No Marrocos as dinastias idríssidas, [[Saadianos|saadiana]] e [[Dinastia Alaoui|alauita]] são chamadas ''xerifianas''.