Abrir menu principal

Alterações

2 bytes adicionados ,  22h06min de 14 de outubro de 2017
m
traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script
'''Patriarca''', originalmente, era uma pessoa que exercia um autoridade [[autocracia|autocrática]] no papel de ''[[pater familias]]'' sobre uma [[família estendida]]. O sistema de governo de famílias pelo homem mais velho é denominado [[patriarcado]].
 
A palavra é derivada do [[língua grega|grego]] {{politônico|πατριάρχης}}, ''patriarchēs'',<ref>{{citar livro|url = http://www.perseus.tufts.edu/hopper/text?doc=Perseus%3Atext%3A1999.04.0057%3Aentry%3Dpatria%2Frxhs| subtítulo = πατριάρχης| autor =Henry George Liddell & Robert Scott| título = A Greek-English Lexicon| editora = Perseus| língua = inglês}}</ref>, que significa "chefe" ou "pai de família",<ref name=OnEtDi/>, uma composição de {{politônico|πατριά}}, ''patria''<ref>{{citar livro|url = http://www.perseus.tufts.edu/hopper/text?doc=Perseus%3Atext%3A1999.04.0057%3Aentry%3Dpatria%2F| subtítulo = πατριά| autor =Henry George Liddell & Robert Scott| título = A Greek-English Lexicon| editora = Perseus| língua = inglês}}</ref>("família") e {{politônico|ἄρχειν}}, ''archein''<ref>{{citar livro|url =http://www.perseus.tufts.edu/hopper/morph?l=a%29%2Frxw&la=greek&can=a%29%2Frxw0&prior=o(&d=Perseus:text:1999.04.0057:entry=a)/rxwn&i=1#lexicon| subtítulo = ἄρχω| autor =Henry George Liddell & Robert Scott| título = A Greek-English Lexicon| editora = Perseus| língua = inglês}}</ref> ("governar").<ref name=OnEtDi>{{citar web|url = http://www.etymonline.com/index.php?term=patriarch| publicado = Online Etymological Dictionary| título = patriarch| língua = inglês}}</ref><ref>{{citar web|url = http://www.merriam-webster.com/dictionary/patriarch| publicado = Merriam-Webster| título = patriarch| língua = inglês}}</ref><ref>{{citar web|url = http://www.thefreedictionary.com/patriarch| publicado = American Heritage Dictionary of the English Language| título = patriarch| língua = inglês}}</ref><ref>{{citar web|url = http://oxforddictionaries.com/view/entry/m_en_gb0610420#DWS-M_EN_GB-047375| publicado = Oxford Dictionaries| título = patriarch| língua = inglês}}</ref>.
 
[[Abraão]], [[Isaac]] e [[Jacó]] são geralmente chamados de [[patriarcas (Bíblia)|patriarcas]] do [[Tribos de Israel|povo de Israel]] e o período no qual eles viveram é chamado de [[Época Patriarcal]]. A palavra "patriarca" original adquiriu seu significado religioso na [[Septuaginta]], a versão grega da [[Bíblia]].<ref>{{1913CE|Patriarch}}</ref>.
 
Atualmente, a palavra tem um significado eclesiástico específico. Designa os mais altos [[bispo]]s na hierarquia da [[Igreja Ortodoxa]], das [[Igrejas Ortodoxas Orientais]], da [[Igreja Católica]] (acima dos [[arcebispo maior|arcebispos maiores]] e [[primaz (bispo)|primaz]]es) e da [[Igreja do Oriente]] (algumas utilizam também o termo "[[papa]]", como é o caso da Igreja Católica e da [[Igreja Ortodoxa Copta de Alexandria]]). O cargo e a [[circunscrição eclesiástica]] de um patriarca são chamados de "[[patriarcado]]". Em algumas Igrejas, o patriarca recebe o titulo de [[católico (título)|católico]] (''Catholikós''), e sua circunscrição é o catolicossato (''Catholikossato''). Historicamente, um patriarca geralmente era a escolha lógica para agir como [[etnarca]] de uma comunidade identificada com uma determinada confissão religiosa dentro de um estado de fé diferente (como os cristãos no [[Império Otomano]], por exemplo).
 
* Os cinco patriarcados juniores, criados depois da consolidação da [[Pentarquia]], em ordem cronológica de seu reconhecimento como patriarcados pelo patriarca ecumênico de Constantinopla:
** O [[Patriarca de Toda Bulgária]], líder da [[Igreja Ortodoxa Búlgara]], na [[Bulgária]], reconhecido como patriarca em 927.<ref>{{citar web|url = http://www.cnewa.org/ecc-bodypg-us.aspx?eccpageID=20&IndexView=toc| publicado = Catholic Near East Welfare Association| título = ID 20| língua = inglês}}</ref>.
** O [[Católico-Patriarca de Toda Geórgia]], líder da [[Igreja Ortodoxa Georgiana]], na [[Geórgia]], reconhecido como um "catolicado" (patriarcado) em 1008.<ref>{{citar web|url = http://www.cnewa.org/ecc-bodypg-us.aspx?eccpageID=21&IndexView=toc| publicado = Catholic Near East Welfare Association| título = ID 21| língua = inglês}}</ref>.
** O [[Patriarca da Sérvia]], líder da [[Igreja Ortodoxa Sérvia]], na [[Sérvia]], reconhecido como patriarca em 1375.<ref>{{citar web|url = http://www.cnewa.org/ecc-bodypg-us.aspx?eccpageID=18&IndexView=toc| publicado = Catholic Near East Welfare Association| título = ID 18| língua = inglês}}</ref>.
** O [[Patriarca de Moscou e Toda Rússia]], líder da [[Igreja Ortodoxa Russa]], na [[Rússia]], reconhecido como patriarca em 1589.<ref>{{citar web|url = http://www.cnewa.org/ecc-bodypg-us.aspx?eccpageID=17&IndexView=toc| publicado = Catholic Near East Welfare Association| título = ID 17| língua = inglês}}</ref>.
** O [[Patriarca de Toda Romênia]], líder da [[Igreja Ortodoxa Romena]], na [[Romênia]], reconhecido como patriarca em 1925.<ref>{{citar web|url = http://www.cnewa.org/ecc-bodypg-us.aspx?eccpageID=19&IndexView=toc| publicado = Catholic Near East Welfare Association| título = ID 19| língua = inglês}}.</ref>.
 
=== Patriarcas ortodoxos fora da Comunhão Ortodoxa ===
* O [[Patriarca de Kiev]], líder da [[Igreja Ortodoxa Ucraniana - Patriarcado de Kiev]].
* O Patriarca de Kiev e Toda Rússia-Ucrânia, líder da [[Igreja Ortodoxa Canônica Autocéfala Ucraniana]].
* O Patriarca da Igreja Ortodoxa Autocéfala da Europa.<ref>www.mission-orthodoxe.org</ref>.
* O Patriarca da [[Igreja Católica Ortodoxa Grega Ucraniana]].
 
Na [[Pentarquia]] formulada pelo [[imperador bizantino]] [[Justiniano I]] (527&ndash;565), o imperador designou como patriarcado para o [[bispo de Roma]] toda a Europa cristianizada (incluindo quase toda a moderna [[Grécia]]), com exceção de uma pequena área à volta de [[Constantinopla]] e ao longo da costa do [[Mar Negro]]. Ele ainda incluiu neste patriarcado a porção ocidental do [[norte da África]]. O sistema de Justiniano recebeu reconhecimento formal no [[Concílio Quinisexto]] de 692, que a [[Santa Sé|sé de Roma]], contudo, não reconhece.
 
Os papas do passado utilizavam ocasionalmente o título de '''patriarca do ocidente''' sem defini-lo claramente. A partir de em 1863, o título passou a aparecer no "[[Anuário Pontifício]]", que, em 1885, tornou-se uma publicação semi-oficial da Santa Sé. Na edição de 2006, o título foi suprimido. O [[Pontifício Conselho para Promoção da Unidade Cristã]] explicou a decisão num ''[[press release]]'' emitido no final do mesmo ano, que afirmou que o título havia se tornado ''"obsoleto e praticamente inútil"'' e que era ''"sem sentido insistir na sua manutenção"''. Desde o [[Concílio Vaticano II]], a [[Igreja Latina]], com a qual o título poderia ser mais facilmente associado, passou a ser organizada como diversas [[conferência episcopal|conferências episcopais]] e seus agrupamentos internacionais.<ref>{{citar web|url = http://www.zenit.org/en/articles/communique-on-title-patriarch-of-west| publicado = ZENIT News Agency| título = Communiqué on title 'Patriarch of the West'| língua = inglês}}</ref>.
{{Âncora|Patriarca latino}}
 
 
==== Arcebispados maiores ====
Quatro outras [[Igrejas Católicas Orientais]] são lideradas por um [[prelado]] conhecido como "[[arcebispo maior]]", um título criado em 1963, essencialmente equivalente ao de patriarca<ref>{{citecitar web|url=http://www.intratext.com/IXT/ENG1199/_P48.HTM |titletítulo=CCEO: text - IntraText CT |publisherpublicado=Intratext.com |datedata=4 de maio de 2007 |língua = inglês}}</ref>:
* O [[Arcebispo maior de Kiev-Halych]], líder da [[Igreja Católica Grega Ucraniana]].
* O [[Arcebispo maior de Ernakulam-Angamaly]], líder da [[Igreja Católica Siro-Malabar]].
* O [[Arcebispo maior de Făgăraş e Alba Iulia]], líder da [[Igreja Greco-Católica Romena unida com Roma]]
 
Em suas igrejas ''[[sui iuris]]'', não há diferenças entre patriarcas e arcebispos maiores. Porém, existem diferenças na [[ordem de precedência]] (ou seja, os patriarcas precedem os arcebispos maiores) e na forma de ascensão: a eleição de um arcebispo maior precisa ser confirmada pelo [[papa]] antes que ele possa assumir o posto,<ref>''[[Codex Canonum Ecclesiarum Orientalium]]'': Can. 153</ref>, ao passo que os patriarcas prescindem desta aprovação. Eles precisam apenas solicitar ao papa, o mais cedo possível, a concessão da chamada "[[comunhão plena|comunhão]] eclesiástica" .<ref>''[[Codex Canonum Ecclesiarum Orientalium]]'': Can. 76</ref><ref>{{citecitar web|url=http://www.vatican.va/holy_father/benedict_xvi/letters/2006/documents/hf_ben-xvi_let_20060406_alessandria-copti_en.html|titletítulo=Exchange of letters between Benedict XVI and His Beatitude Antonios Naguib|publisherpublicado=[[Holy See Press Office]]|accessdateacessodata=|language língua= inglês}}</ref>.
 
=== Concílio Vaticano II ===
[[Ficheiro:AED 6ème Nuit des Témoins Saint-Pierre-le-Jeune Strasbourg 24 mars 2014 01.jpg|thumb|direita|400px|[[Ibrahim Isaac Sidrak]], [[patriarca católico copta de Alexandria]].]]
{{AP|Concílio Vaticano II}}
O decreto ''[[Orientalium Ecclesiarum]]'' (1964),<ref>{{citar web|url = http://www.vatican.va/archive/hist_councils/ii_vatican_council/documents/vat-ii_decree_19641121_orientalium-ecclesiarum_po.html| título = Orientalium Ecclesiarum| publicado = Site oficial do Vaticano| língua = inglês}}</ref>, sobre as [[Rito oriental|Igrejas orientais católicas]], do [[Segundo Concílio do Vaticano|Concílio Ecumênico Vaticano II]] reafirmou a tradição dos patriarcados orientais (diferente dos patriarcados ocidentais de [[rito latino]], que são considerados só meramente honoríficos) nos seguintes termos:
{{citação2|Desde antiquíssimos tempos vigora na [[Igreja]] a instituição do [[patriarcado]], já reconhecida pelos primeiros [[Concílio ecumênico|concílios ecumênicos]]. Pelo nome de patriarca [[rito oriental|oriental]] entende-se o [[bispo]] que no próprio território ou rito tem a jurisdição sobre todos os bispos, não excetuados os [[metropolita]]s, sobre o [[clero]] e o povo, de acordo com a norma do direito e salvo o [[primazia papal|primado]] do [[Papa|romano pontífice]]. Onde quer que se constitua, fora dos limites do território patriarcal, um [[hierarca]] de algum rito, permanece ele agregado à [[hierarquia]] do patriarcado do mesmo rito, de acordo com as normas do direito.
(...)<br>
Embora posteriores uns aos outros no tempo, os Patriarcas das Igrejas Orientais são, no entanto, todos iguais em razão da dignidade patriarcal, salva a [[precedência]] de honra legitimamente estatuída entre eles.
<br>(...)<br>
Segundo a antiquíssima [[tradição]] da Igreja, singulares honras devem ser atribuídas aos patriarcas das Igrejas Orientais, pois cada um deles preside, como pai e cabeça, ao seu patriarcado. Por isso, estabelece este sagrado concílio que se restaurem os seus direitos e privilégios, de acordo com as antigas tradições de cada Igreja e os decretos dos Concílios Ecumênicos. Estes direitos e privilégios são os que vigoravam ao tempo da [[Grande Cisma do Oriente|união do Oriente e Ocidente]], embora devam ser um pouco adaptados às condições modernas. Os patriarcas com os seus [[sínodo]]s constituem a instância suprema para todos os assuntos do patriarcado, não excluído o direito de constituir novas [[eparquia]]s e de nomear bispos do seu rito dentro dos limites do território patriarcal, salvo o direito inalienável do romano pontífice de intervir em cada caso.
* O patriarca da da Comunhão Internacional das [[Igrejas Episcopais Carismáticas]].
* O patriarca da [[Igreja Católica Apostólica (Filipinas)|Igreja Católica Apostólica]], nas [[Filipinas]].
* O patriarca da [[Igreja Católica Apostólica de Antioquia]].<ref>Quando uma mulher é eleita líder desta igreja, é chamada de [[matriarca]]. {{citar web|url = http://www.churchofantioch.org/coa/index.php?option=com_content&task=view&id=29&Itemid=45| título = Igreja Católica Apostólica de Antioquia| língua = inglês| publicado = Site oficial}}</ref>.
* O patriarca da [[Igreja Católica Ortodoxa Americana]].
* O patriarca da [[Assembleia de Jerusalém]].
210 092

edições