Abrir menu principal

Alterações

2 405 bytes adicionados ,  11h02min de 18 de outubro de 2017
 
<nowiki>*</nowiki>Todos os motores configurados em 3.0L V10.
 
'''Ferrari:''' Dominante nos últimos anos, a equipe manteve o heptacampeão Michael Schumacher e o Brasileiro Rubens Barrichello pelo sexto ano consecutivo.
 
'''BAR:''' Maior surpresa de 2004, com o vice campeonato, a BAR manteve Jenson Button, após uma disputa judicial com a Williams, e Takuma Sato como seus pilotos titulares, equipada pela Honda.
 
'''Renault:''' Terceira força em 2004, a Renault manteve o espanhol Fernando Alonso, que teve como novo companheiro o italiano Giancarlo Fisichella. "Físico" pilotou a equipe Sauber em 2004.
 
'''Williams:''' Depois de decepcionar em 2004, a equipe trocou seus dois pilotos: Ralf Schumacher e Juan Pablo Montoya. Mark Webber, ex Jaguar, foi contratado ainda em 2004, junto com Jenson Button, mas a equipe japonesa brigou na justiça e o piloto permaneceu lá. No fim, a equipe de Frank Williams fechou com Nick Heidfeldt, que pilotou a Jordan em 2004. A equipe seguiria equipada pelo motor de 2004.
 
'''McLaren:''' Depois de decepcionar em 2005 com as quebras de motor, a McLaren manteve Kimi Raikkonen e trouxe o colombiano Juan Pablo Montoya, da Williams, para o lugar de David COulthard.
 
'''Sauber:''' Para os seus padrões, foi muito bem em 2004, equipada pelo motor defasado da Ferrari. Para 2005, o campeão mundial Jacques Villeneuve chegou para o lugar de Fisichella, que foi para a Renault. O canadense disputou as 3 últimas corridas de 2004 pela equipe francesa. O brasileiro Felipe Massa foi mantido na equipe.
 
'''Red Bull:''' A empresa austríaca entrou na F1 em 2005, comprando a equipe Jaguar. Trouxe o veterano David Coulthard, que deixou a McLaren após 9 temporadas, tendo como companheiro o austríaco Christian Klein, que havia pilotado a Jaguar em 2004.
 
'''Toyota:''' Depois de mais uma temporada aquém do esperado, a equipe veio com uma dupla experiente para 2005: O italiano Jarno Trulli, que já havia pilotado a equipe nas duas últimas corridas em 2004, após ser demitido da Renault, e o alemão Ralf Schumacher, que foi dispensado da Williams.
 
'''Jordan:''' De terceira força do mundial em 1999, para o fundo do grid. Esse foi o declínio da Jordan, que em 2005 contou com o português Tiago Monteiro e o indiano Narain Karthikeyan, ambos estreantes.
 
'''Minardi:''' Mais uma vez lanterna do grid, a simpática equipe italiana promoveu a estreia do austríaco Patrick Friesacher e do holandês Chtistijan Albers.
 
== Calendário ==
Utilizador anónimo