Diferenças entre edições de "José Castelli"

15 bytes removidos ,  01h58min de 25 de outubro de 2017
m
rm link para a própria página, outros ajustes usando script
m (rm link para a própria página, outros ajustes usando script)
|nomecompleto = José Castelli
|apelido = ''Rato'', ''Rei do Drible''
|imagem = [[File:Corinthians_Campe%C3%A3o_Paulista_em_1930.jpg|350px|thumb|center|Equipe Corinthians [[Campeonato Paulista de Futebol de 1930|Campeonato Paulista de 1930]]. Da esquerda para a direita (Em pé): [[Tuffy Neugen|Tuffy]], [[Nerino Gallanti]], [[Pedro Grané|Grané]], [[José Pereira Guimarães|Guimarães]], [[Armando Del Debbio|Del Debbio]] e [[Antônio Munhoz|Munhoz]]. (Agachados): [[Anfilogino Guarisi|Filó]], [[Manuel Nunes|Neco]], Peres, [[José Castelli|'''Rato]]''' e [[Alexandre de Maria|De Maria]]]].
|imagem_tamanho =
|imagem_legenda =
|cidadenatal = [[Ficheiro:Bandeira_da_cidade_de_São_Paulo.svg|25px]] [[São Paulo (cidade)|São Paulo]] {{SPb}} SP
|paisnatal = {{BRA}}
|nacionalidade = {{BRAb}} {{ITAb}} [[Ítalo-brasileiro]]
|datadefalecimento = {{morte|26|9|1984||8|1904|lang=br}}
|cidadedamorte =
De [[Imigração italiana no Brasil|origem italiana]] José Castelli, conhecido como '''Rato''', foi o primeiro meia que se tornou ídolo do [[Corinthians]]. Recebeu o apelido de '''Rato''' por ser pequeno, arisco e ágil como o [[roedor]], e também ganhou a alcunha de ''"O Rei do Drible"'', por conta de suas fintas desconcertantes e sempre objetivas com a perna esquerda.
 
Rato foi um dos jogadores que por mais tempo defenderam o Corinthians – ficou no clube de [[1921]] a [[1931]] e de [[1934]] a [[1937]] – passagens alternadas por uma transferência à [[Società Sportiva Lazio|Lazio]], da [[Itália]]. Sagrou-se duas vezes tricampeão paulista ([[Campeonato Paulista de Futebol de 1922|1922]]/[[Campeonato Paulista de Futebol de 1923|1923]]/[[Campeonato Paulista de Futebol de 1924|1924]] e [[Campeonato Paulista de Futebol de 1928|1928]]/[[Campeonato Paulista de Futebol de 1929|29]]/[[Campeonato Paulista de Futebol de 1930|1930]]) e entrou para a história ao marcar o primeiro gol em jogos oficiais à noite em São Paulo. Também faturou o título de [[Campeão dos Campeões]] pelo [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] diante do [[Club de Regatas Vasco da Gama|Vasco da Gama]], em [[1930]].<ref>{{Citar web |url=http://www.todopoderosotimao.com/p_jogos/j_vasco_30.htm |título=Todo Poderoso Timão - Jogos Históricos - Corinthians 3x2 Vasco - 1930|língua= |autor= |obra= |data= |acessodata=10/12/2012 }}</ref>.
===Treinador===
Como responsável pelas categorias inferiores do Corinthians, Rato, é tido como o homem que descobriu [[Roberto Rivellino]], para muitos o maior jogador e maior ídolo da história do [[Corinthians]].<ref>https://tardesdepacaembu.wordpress.com/2012/09/18/rivellino-o-maloca-joga-muito/</ref>
 
E como treinador do Corinthians, Rato, foi bicampeão paulista de futebol em [[Campeonato Paulista de Futebol de 1951|1951]]/[[Campeonato Paulista de Futebol de 1952|1952]] e campeão da [[Pequena Taça do Mundo de 1953 (segunda)|Pequena Taça do Mundo de 1953]].
210 112

edições