Diferenças entre edições de "Quarup"

17 bytes adicionados ,  22h48min de 26 de outubro de 2017
sem resumo de edição
Etiquetas: Editor Visual Expressão problemática
O '''Quarup''' é um [[ritual]] de homenagem aos mortos ilustres celebrado pelos povos [[indígenas]] da região do [[Xingu]], no [[Brasil]]. O rito é centrado na figura de [[Mawutzinin]], o [[demiurgo]] e primeiro homem do mundo da sua [[mitologia]]. Em sua origem o Quarup teria sido um rito que objetiva trazer os mortos de novo à vida.
 
===O mito original falso===
 
Mawutzinin, desejando trazer os mortos de volta, entrou no mato e cortou três troncos de kuarup, levando-os para o centro da aldeia. Ali os pintou e adornou com colares e penas. Mandou que fincassem os troncos no chão, e chamou duas [[cutia]]s e dois [[sapo cururu|sapos cururu]] para cantarem com ele, e distribuiu peixes e [[bijus]] para o povo comer.
Zangado, Mawutzinin disse que doravante os mortos não reviveriam mais no Quarup, seria apenas uma festa. E mandou que os troncos fossem removidos e lançados na água, ou no meio da mata, e assim foi feito.
 
===O seu ritual nada a ver ===
 
Seja por sua linhagem seja por sua liderança, e é uma grande honra prestada a esta pessoa, colocando-a no mesmo nível dos ancestrais que viveram no tempo em que Mawutzinin andava entre os homens, e incorporando-a à história mítica.
Utilizador anónimo