Abrir menu principal

Alterações

3 bytes adicionados ,  23h41min de 26 de outubro de 2017
sem resumo de edição
|notas =
}}
'''Áustria-Hungria''' ou '''Império Austro-Húngaro''' foi uma união [[Monarquia constitucional|constitucional]] do [[Império Austríaco]] (Reinos e Terras Representados no Conselho Imperial, ou [[Cisleitânia]]) e o [[Reino da Hungria]] (Terras da Coroa de Santo Estêvão ou [[Transleitânia]]) que existiu de 1867 a 1918, quando entrou em colapso após a sua derrota na [[Primeira Guerra Mundial]]. A união foi resultado do [[Compromisso austro-húngaro de 1867|Compromisso Austro-Húngaro de 1867]] e surgiu em 30 de março de 1867. A Áustria-Hungria consistiu em duas [[monarquia]]s ([[Áustria]] e [[Hungria]]) e uma região autônoma: o [[Reino da Croácia-Eslavônia]] sob domínio da coroa húngara, que negociou o assentamento[[Compromisso croataCroata-húngaroHúngaro]] ([[''Nagodba]]'') em 1868. Foi regido pela [[Casa de Habsburgo]] e constituiu a última fase na evolução constitucional da [[Monarquia Habsburgo]]. Após as reformas de 1867, os estados austríaco e húngaro foram co-iguais. Os assuntos estrangeiros e militares eram submetidos à supervisão conjunta, mas todas os outros temas governamentais eram divididos entre os respectivos estados.
 
A Áustria-Hungria era um estado multinacional e uma das grandes potências do mundo na época. Geograficamente, era o segundo maior país da Europa após o [[Império Russo]], com uma área de 621,538 km², [5] e o terceiro mais populoso (depois da Rússia e do [[Império Alemão]]). O Império construiu a quarta maior indústria de construção de máquinas do mundo, depois dos [[Estados Unidos]], [[Alemanha]] e [[Reino Unido]].<ref>Schulze, Max-Stephan. ''Engineering and Economic Growth: The Development of Austria-Hungary's Machine-Building Industry in the Late Nineteenth Century'', p.&nbsp;295. Peter Lang ([[Frankfurt am Main|Frankfurt]]), 1996.</ref> A Áustria-Hungria também se tornou o terceiro maior fabricante e exportador mundial de [[eletrodoméstico]]s elétricos, aparelhos elétricos industriais e aparelhos de geração de energia para usinas de energia, depois dos Estados Unidos e do Império Alemão.<ref>{{citar livro|autor1 =Publishers' Association, Booksellers Association of Great Britain and Ireland|título=The Publisher, Volume 133|página=355|ano=1930}}</ref><ref>{{citar livro|autor1 =Contributors: Austria. Österreichische konsularische Vertretungsbehörden im Ausland |autor2 =Austrian Information Service, New York|título=Austrian information|página=17|ano=1965}}</ref>
157 677

edições