Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 17h10min de 28 de outubro de 2017
sem resumo de edição
Na [[década de 1950]], Feynman trabalhou na teoria das interações fracas, e nos anos 1960, ele trabalhou na teoria das interações fortes. Durante uma de suas famosas conferências em [[Caltech]] nos 1960s<ref>[http://www.feynmanlectures.caltech.edu/ The Feynman Lectures on Physics] por Feynman, Leighton e Sands, publicado pela "Caltech" (1963)</ref>, Feynman concluiu que devido à dilatação do tempo, o núcleo da terra é realmente mais novo do que sua crosta, uma diferença que sugeria provavelmente "''um ou dois dias''"<ref>[http://phys.org/news/2016-05-earth-core-younger-thought.html New calculations show Earth's core is much younger than thought] por Bob Yirka, publicado por "[[Phys.org]]" (2016)</ref> Esse "fato" foi citado em vários artigos de outros físicos - e até mesmo em manuais universitários<ref>[https://www.newscientist.com/article/2085599-earths-core-is-two-and-a-half-years-younger-than-its-crust/ Earth’s core is two-and-a-half years younger than its crust] por Jacob Aron, publicado em "News Scientist" (2016)</ref>, mas ninguém se preocupou em investigar se a estimativa de Feynman era realmente verdadeira<ref>[https://arxiv.org/abs/1604.05507 The young centre of the Earth] por Ulrik I. Uggerhoj, Rune E. Mikkelsen e Jan Faye, publicado pelo Journal Eur.J.Phys. vol. 37, 035602 (2016) - DOI: 10.1088/0143-0807/37/3/035602 ( arXiv:1604.05507 [physics.ed-ph])</ref>. Uma equipe de físicos da Dinamarca descobriu que, desde que nosso planeta veio à existência, o tempo no núcleo tem ficado atrás do tempo na superfície por frações de segundo, em torno de 0,0000000003 de segundo, ao longo da vida da Terra acumulou-se a uma diferença de idade de 1,5 anos. Quando as diferenças de densidade do núcleo e da superfície foram consideradas, esta diferença de idade foi ajustada para 2,5 anos<ref>[http://www.sciencealert.com/earth-s-core-is-2-5-years-younger-than-its-crust-thanks-to-the-curvature-of-space-time Earth's core is 2.5 years younger than its crust, new calculations reveal <small>Richard Feynman was wrong... and right!</small>] publicado pela "Science Alert" (2016)</ref>.
 
Foi criador da famosa [[Técnica Feynman]] que é um método muito utilizado para aprender umaum ideiaassunto novanovo, compreender uma ideia existente melhor, recordar uma ideia, ou estudar para um teste, que consiste basicamente em estudar o assunto que se quer aprender e escrever e explicar para alguém o que foi aprendido sobre o assunto, de modo que você possa identificar rapidamente os buracos em seu conhecimento. Após seguir os passos da [[Técnica Feynman]] fala-se que você poderá entender conceitos mais profundamente e reter melhor a informação.
 
==Experiência no Brasil==
Utilizador anónimo