Diferenças entre edições de "Branca de Neve"

270 bytes adicionados ,  19h43min de 28 de outubro de 2017
* O filme ''Biancaneve & Co.'', de 1982, é uma adaptação do ''[[fumetti|fumetto]]'' ''Biancaneve'', de Leone Frollo, e apresenta a estrela Michela Miti como Branca de Neve.
* Em 1984, o show de televisão de [[Shelley Duvall]], ''Faerie Tale Theatre'', fez uma versão de Branca de Neve com [[Vanessa Redgrave]] como a Rainha Malvada, a malvada madrasta da Branca de Neve, [[Elizabeth McGovern]] como Branca de Neve, [[Rex Smith]] como o Principe e [[Vincent Price]] como o Espelho Mágico. Shelley Duvall também aparece nesse episódio como a mãe de Branca de Neve.
* O [[filme]] de 1987, ''[[Branca de Neve (filme de 1987)|Branca de Neve]]'', estrelando [[Diana Rigg]] como a Rainha Malvada, a malvada madrasta da Branca de Neve, e [[Sarah Patterson]] como Branca de Neve.
* Em [[1987]], o episódio da série [[Hello Kitty's Furry Tale Theater]] que parodiou esse conto é chamado de [[Kitty de Neve e o Anão]].
* Em 1988, a Filmation Company produziu um conto de Branca de Neve, ''Snow White and the Realm of Doom''; Disney os processou, e o título foi mudado para ''Happily Ever After''.
* A animação nipônica contou a história de Branca de Neve em três episódios na série de televisão ''Grimm Meisaku Gekijo''". Em 1994, o estúdio de animação Tatsunoko adaptou a história no 52º episódio, ''Shirayuki-hime no Densetsu'' (''A Lenda da Princesa Branca de Neve''), veiculada no [[Japão]] na NHK. A produção de Tatsunoko incorporou diversas chamadas enfatizando o romance entre Branca de Neve e seu príncipe.
* ''[[Biancaneve e i sette nani]]'' (1995), foi realizado por Luca Damiano, estrelando Ludmilla Antonova.
* O [[filme de terror]] de 1997, ''[[Snow White: A Tale of Terror]]'', estrelando [[Sigourney Weaver]] como a Rainha Malvada, malvada madrasta da Branca de Neve, e [[Monica Keena]] como Branca de Neve, pode ter sido a mais autêntica adaptação do conto original de Grimm, mas não apresenta os sete anões, e sim sete [[minerador]]es. A [[trilha sonora]] original foi composta por [[John Ottman]].
*''Branca de Neve'' (2000) é um filme português de [[João César Monteiro]], que gerou [[polêmica]] pelo tratamento não-ortodoxo da imagem; seria uma reinterpretação de ''Schneewitchen'', do autor belga [[Robert Walser]].
* Em 2001, outra versão foi feita para televisão, sob o nome ''[[Branca de Neve (filme de 2001)|Snow White: The Fairest of Them All]]'', estrelando [[Miranda Richardson]] como a Malvada Rainha Elspeth, a malvada madrasta da Branca de Neve, e [[Kristin Kreuk]] como Branca de Neve, onde cada anão era uma cor do [[arco-íris]] e com a inclusão de um irmão [[zumbi]] mágico para a rainha malvada, a malvada madrasta da Branca de Neve, que agora é uma bruxa transformada em rainha e, depois, transformada na mãe de Branca de Neve.{{carece de fontes|data=abril de 2017}}
* O conto também tem influência na franquia de filmes [[Shrek]]. No primeiro filme, Branca de Neve aparece num caixão carregada pelos anões na casa de Shrek, e mais tarde numa rápida cena em que disputa o buquê de Fiona com Cinderela. No terceiro filme tem mais destaque, como uma das convidadas do chá de bebê de Fiona, em que ela presenteia a amiga com um de seus anões para ser babá, e sua madrasta aparece numa rápida cena como uma dos vilões do bar Maçã Envenenada. Além disso, o Espelho Mágico aparece no primeiro filme pertencendo ao Lord Farquaad, e no segundo filme funcionando como uma televisão na casa de Shrek.
* O episódio ''Uma Maçã Traiçoeira'', de [[Digimon Frontier]], é uma paródia de Branca de Neve. Zoe atua como Branca de Neve, enquanto os Honeybeemons atuam como os anões. Ranamon atua como a Rainha Má, e dá uma maçã que faz Zoe ter pesadelos. O Príncipe é desconhecido, provavelmente Takuya ou J.P.{{carece de fontes|data=abril de 2017}}
Utilizador anónimo