Diferenças entre edições de "Juan Román Riquelme"

264 bytes adicionados ,  04h49min de 10 de novembro de 2017
m
traduzindo nome/parâmetro nas citações usando script, Formatando 4 referência(s) com reFill ()
m (traduzindo nome/parâmetro nas citações usando script, Formatando 4 referência(s) com reFill ())
{{Formatar referências|data=dezembro de 2015}}
{{Info/Futebolista
| nome = Juan Román Riquelme
Após a Copa do Mundo, a vida de Riquelme em seu clube já não era mais a mesma. Mesmo depois de ter levado o Villarreal a campanha continental mais importante de sua história , Riquelme teve uma série de desentendimentos com o técnico do time, o chileno [[Manuel Pellegrini]], que o fizeram ser afastado da equipe. Sem clima e com uma relação totalmente desgastada, Riquelme regressou em fevereiro de 2007 ao [[Club Atlético Boca Juniors|Boca Juniors]], tendo sido contratado por empréstimo por apenas 6 meses e recebendo um dos maiores salários da América do Sul. Nesse pequeno período em sua volta ao Boca Juniors, Riquelme se destacou na campanha da [[Copa Libertadores da América]], tendo realizado jogos magníficos e inesquecíveis nas finais contra o [[Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense|Grêmio]], que rendeu ao jogador seu terceiro título da competição continental pelo clube, o sexto na história do Boca Juniors e de quebra ainda foi eleito o craque do campeonato.
 
Após o término de seu contrato de empréstimo com o [[Club Atlético Boca Juniors|Boca Juniors]], retornou ao [[Villarreal CF|Villareal]]. Porém, o clima no clube continuava totalmente desgastado. Riquelme ficou novamente afastado durante todo o segundo semestre de 2007 e afirmou inclusive aceitar ganhar menos para retornar ao clube de seu coração, o Boca Juniors. Depois de muitas negociações, em janeiro de 2008 o time espanhol negociou definitivamente os direitos do jogador com o [[Club Atlético Boca Juniors|Boca Juniors]]. Após seu atual clube ser derrotado pelo [[Sport Club Corinthians Paulista|Corinthians]] na decisão da [[Copa Libertadores da América de 2012]], Riquelme disse que não continuaria mais no Boca Juniors.<ref>[{{citar web|url=http://www.ole.com.ar/boca-juniors/futbol/Riquelme_0_731326889.html|título=Boca "Así- noOlé puedo- seguir"]Diario Deportivo|primeiro =Diario Deportivo|último =Olé|website=www.ole.com.ar}}</ref> Porém, após ficar 7 meses afastados do futebol, e quase ter fechado com {{Futebol Atlético Paranaense}}, {{Futebol Palmeiras}},{{Futebol Tigre}} e Corinthians, o presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici, confirmou o retorno de Riquelme a equipe xeneize.<ref>[{{citar web|url=http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/futebol-argentino/noticia/2013/02/presidente-do-boca-juniors-confirma-retorno-de-riquelme.html |título=Presidente do Boca Juniors confirma retorno de Riquelme|website=globo.]com}}</ref>
 
Em [[julho]] de [[2014]], assinou com o [[Argentinos Juniors]], clube que o revelou para o futebol. Antes de se destacar com a camisa do Boca, Riquelme iniciou a carreira no Argentinos Juniors, clube que defendeu apenas na juventude. A equipe, de [[Buenos Aires]], também foi responsável por revelar jogadores como [[Maradona]] e [[Sorín]].<ref>[{{citar web|url=http://espn.uol.com.br/noticia/426128_tecnico-do-argentinos-juniors-diz-que-riquelme-e-o-novo-reforco-do-clube |título=Argentinos Juniors confirma: Riquelme é o novo reforço do clube]|website=uol.com.br}}</ref> Assinou por 18 meses.<ref>[{{citar web|url=http://www.argentinosjuniors.com.ar/futbol/profesional/noticias/20140717_4261 |título=Riquelme vuelve a su primer amor] // Sitio Oficial Argentinos Juniors|primeiro =|último =Naxela.net|website=Sitio Oficial Argentinos Juniors}}</ref>Acabou por marcar seu primeiro gol na estreia pelo clube.
 
== Seleção Argentina ==
30 146

edições