Abrir menu principal

Alterações

114 bytes adicionados ,  22h34min de 12 de novembro de 2017
m
peq. ajustes, replaced: {{Citar periódico|titulo=Why YouTube in Chrome (and Firefox) is Draining Your Laptop’s Battery and How to Fix It|url=https://www.howtogeek.com/227940/why-youtube-in-chrome-and-firefox-is-drai utilizando AWB
'''YouTube''' é uma plataforma de distribuição digital de vídeos. Foi fundado em fevereiro de 2005 por três pioneiros do [[PayPal]],<ref name="estadao">[http://www.estadao.com.br/noticias/vidae,google-lanca-novo-canal-youtube-edu,1099490,0.htm Google lança nova canal Youtube Edu]. Estadão. Página visitada em 29 de novembro de 2013.</ref> um famoso serviço da Internet ligado a gerenciamento de transferência de fundos.
 
O YouTube utiliza o codec de vídeo VP9 primariamente para disponibilizar o conteúdo, mas é utilizado também [[H.264]].<ref>{{Citar periódico|titulo=Conheça o VP9, o codec responsável pelo YouTube e pelo NetFlix|jornal=Tudocelular.com|url=https://www.tudocelular.com/curiosidade/noticias/n52607/youtube-codecs-netflix.html}}</ref><ref>{{Citar periódico|titulo=Why YouTube in Chrome (and Firefox) is Draining Your Laptop’s Battery and How to Fix It|url=https://www.howtogeek.com/227940/why-youtube-in-chrome-and-firefox-is-draining-your-laptop%E2%80%99s-battery-and-how-to-fix-it/|idiomalíngua=en-US}}</ref> Os codecs de áudio [[Advanced Audio Coding|AAC]], [[Opus (codec)|Opus]] e [[Vorbis]] são utilizados.<ref>{{Citar web|url=https://yd.3dyd.com/help/youtube_formats/|titulo=Media formats and quality on Youtube - 3D Youtube Downloader|acessodata=2017-07-31|obra=yd.3dyd.com|lingua=en}}</ref> Hospeda uma grande variedade de [[filmes]], [[videoclipe]]s e materiais caseiros. O material encontrado no YouTube pode ser disponibilizado em [[blog]]s e sites pessoais através de mecanismos ([[API]]s) desenvolvidos pelo site.
 
Possivelmente interessado em expandir o [[mercado]] de [[publicidade]] de vídeos através de seu [[AdSense]] e também em se consolidar como um dos maiores serviços de Internet do mundo, foi anunciada em 9 de Outubro de 2006 a compra do YouTube pelo [[Google]], pela quantia de 1,65 bilhão de [[dólar]]es em ações.<ref>La Monica, Paul R. (2006-out-09) [http://money.cnn.com/2006/10/09/technology/googleyoutube_deal/index.htm Google to buy YouTube for $1.65 billion] ''CNN.com''. {{en}} visitado em 9 de outubro de 2006.</ref> O resultado desta aquisição fez com que o [[Google]] encerrasse as atividades do [[Google Video]].
O [[domínio]] "YouTube.com" foi ativado em [[15 de fevereiro]] de [[2005]]<ref>{{Citar web| url = http://www.alexa.com/data/details/main?q=&url=YouTube.com |título= Info for YouTube.com |acessodata= 2006-07-26 |data= 2006-07-26 | obra = Alexa.com | publicado = Amazon.com |língua= en}}</ref> e o site foi desenvolvido nos [[meses]] seguintes. Os criadores do site ofereceram uma prévia do site ao [[Espectador|público]] em Maio de [[2005]], seis meses antes do lançamento oficial.
 
Em [[9 de outubro]] de [[2006]], foi anunciado que a companhia seria comprada pelo Google por 1,65 bilhão de [[dólar]]es em [[Ação (finanças)|ações]]. O negócio entre Google e YouTube veio depois que o YouTube apresentou três acordos com empresas de [[comunicação]] em uma tentativa de evitar processos sobre infração de [[direitos autorais]]. O YouTube continuou operando independentemente, com seus co-fundadores e 67 empregados trabalhando dentro da empresa.<ref>{{Citar web|url=http://money.cnn.com/2006/10/09/technology/googleYouTube_deal/index.htm?cnn=yes|título=Google to buy YouTube for $1.65 billion |data=9 de outubro de 2006 |acessodata= 2006-10-09}}</ref> A aquisição do YouTube foi fechada em [[14 de Novembro]], e foi na época a segunda maior aquisição do Google.<ref>{{citar notíciajornal|url=http://www.theage.com.au/news/Business/Google-closes-A2b-YouTube-deal/2006/11/14/1163266548827.html|título=Google closes $A2b YouTube deal|obra=theage.com.au|data=2006-11-14|acessodata= 2007-03-03}}</ref>
 
=== Problema com o nome de domínio ===
 
=== Dia da mentira ===
Para a brincadeira do [[dia da mentira]] de 2008, todos os "Vídeos destacados" da página principal redirecionavam para o vídeo do [[Rick Astley]] "[[Never Gonna Give You Up]]," efetivamente ''[[rickrolling]]'' todos os que tentavam ver um vídeo destacado no site.<ref name="Primeiro de abril">{{citar notíciajornal |último =Arrington|primeiro =Michael|autorlink =Michael Arrington|título=YouTube RickRolls Users|publicado=[[TechCrunch]]|data=2008-03-31| url =http://www.techcrunch.com/2008/03/31/youtube-rickrolls-users/|acessodata= 2008-04-21}}</ref>
 
O mesmo tipo de brincadeira de dia da mentira ocorreu com o serviço em 2016, o qual anunciou o SnoopaVision, o qual permite que usuários pudessem ver o ponto de vista do ''rapper'' [[Snoop Dogg]], filmado em 360 graus, em alguns vídeos.<ref>{{citar web|url=http://nbc4i.com/2016/04/01/april-fools-day-a-look-at-the-internets-best-pranks/|título=April Fool’s Day, a look at the Internet’s best pranks|data=1 de abril de 2016|publicado=NBC4i.com|acessodata=1 de abril de 2016}}</ref>
Antes do lançamento do YouTube em [[2005]], havia poucos métodos simples disponíveis a usuários normais de [[computador]]es que queriam colocar seus vídeos na Internet. Com sua interface de fácil uso, YouTube tornou possível a qualquer um que usa computador a postar na Internet um vídeo que milhões de pessoas poderiam ver em poucos minutos. A grande variedade de tópicos cobertos pelo YouTube tornou o compartilhamento de vídeo uma das mais importantes partes da [[cultura]] da Internet.
 
Um dos primeiros exemplos do impacto social do YouTube foi o sucesso do vídeo "Bus Uncle" em 2006. O vídeo mostra uma conversa animada entre um jovem e um homem mais velho em um ônibus de [[Hong Kong]], e foi largamente discutido nas principais [[medias]].<ref>{{Citar web|título= Irate HK man unlikely Web hero|autor=Bray, Marianne| publicado = [[CNN]]| url = http://edition.cnn.com/2006/WORLD/asiapcf/06/07/hk.uncle/ |acessodata= 2008-05-28}}</ref> Outro vídeo que recebeu grande cobertura foi o "guitar", que mostra a performance da [[música]] de [[Johann Pachelbel]], "Pachelbel's Canon", em uma [[guitarra elétrica]]. O nome da pessoa que tocava a música não foi revelado no vídeo, e depois de receber milhões de visitas o ''[[New York Times]]'' revelou a identidade do [[guitarrista]], Jeong-Hyun Lim, um jovem de 23 anos da [[Coreia do Sul]] que gravou a música em seu quarto.<ref name="nyt-heff">{{citar notíciajornal|último = Heffernand|primeiro =Virginia|título= Web Guitar Wizard Revealed at Last
|publicado=[[New York Times]]|data= 2006-08-27
|url=http://www.nytimes.com/2006/08/27/arts/television/27heff.html?ei=5088&en=5b993ce30a7b7039&ex=1314331200&partner=rssnyt&emc=rss&pagewanted=all|acessodata=2007-07-02}}</ref>
 
== Questões legais ==
YouTube tem sido alvo de ações de [[censura]] em vários [[países]] por causa do conteúdo que ele hospeda. O site já foi bloqueado em vários países desde o seu lançamento, como [[Austrália]]<ref name="Bloqueio do site na Austrália">{{citar notíciajornal |url=http://www.australianit.news.com.au/story/0,24897,21330109-15306,00.html |título=States still hold out on YouTube |data=2007-03-06 |autor =AustralianIT |acessodata=11 de outubro de 2007}}</ref> [[Indonesia]], [[Irã]], [[Paquistão]], [[Síria]], [[Sudão]], [[Tailândia]], [[Tunísia]] e [[Turquia]].
 
[[Brasil]], [[China]] e [[Marrocos]]<ref name="Bloqueio do site em Marrocos">{{Citar web|url=http://www.rsf.org/article.php3?id_article=22322 |título=YouTube again accessible via Maroc Telecom |acessodata=2007-05-30 |obra=rsf.org}}</ref> chegaram a bloquear o site, mas depois o bloqueio foi desfeito. Outros [[países]] tem bloqueios parciais. Nos [[Emirados Árabes Unidos]] algumas páginas estão banidas. Na [[Arábia Saudita]] a página para confirmar a data de [[nascimento]] está bloqueada, impedindo acesso a conteúdo [[adulto]]. Apesar de bloqueios em alguns países ainda é possível usar ''"[[proxies]]"'' para contornar essas restrições.
 
Na Tailândia, o Youtube foi suspenso em abril de 2007 depois de ter sido detectado um vídeo considerado ofensivo para o Rei do país. A suspensão foi levantada em agosto do mesmo ano depois de o portal ter removido o vídeo e concordado em não autorizar material semelhante.<ref>[{{citar web | url=http://tecnologia.hsw.uol.com.br/youtube6.htm | título= Como Tudo Funciona] | publicado=tecnologia.hsw.uol.com.br }}</ref>
 
Na [[República Popular da China]] o YouTube foi bloqueado no dia [[18 de outubro]] de [[2008]] por causa de censura da bandeira Taiwanesa. As [[URL]]s do YouTube foram redirecionadas para o buscador da China, [[Baidu]]. O site foi depois desbloqueado em [[31 de outubro]]<ref>{{Citar web |url=http://udn.com/NEWS/INFOTECH/INFS1/4061683.shtml |título=Reference }}</ref>
 
Na [[Turquia]], Algumas páginas de vídeo foram banidas no dia [[1 de outubro]] de [[2007]], mas foram liberadas [[dois]] dias depois. Em [[22 de janeiro]] de [[2008]] a Turquia baniu o YouTube mais uma vez, e novamente foi liberado depois de [[três]] dias. O YouTube está atualmente bloqueado na Turquia desde maio de 2008 depois de controvérsias sobre um vídeo insultando [[Mustafa Kemal Atatürk]]<ref>{{Citar web |url=http://www.guardian.co.uk/world/2008/aug/26/turkey.youtube |título=Turkish court lifts YouTube ban after online censorship protest }}</ref>
 
Em um vídeo de entrevistas da [[Fox News]] [[Atlanta]], foi mencionado que "uma substancial porção da população da Turquia" usa ''"[[proxies]]"'' para contornar essas restrições. A entrevista mencionou especificamente um exemplo de [[proxy]], o site VTunnel.com, que recebe mais de [[1]] [[milhão]] de visitas por dia só da [[Turquia]]<ref>{{citar notíciajornal |título= Palin's Hacked E-mail has Georgia Connection | url = http://www.myfoxatlanta.com/myfox/pages/ContentDetail?contentId=7470929 |publicado= MyFoxAtlanta |data=setembro de 2008 |acessodata= 2008-11-19}}</ref>
 
=== Brasil ===
 
== YouTube Video Awards ==
Em [[2006]] YouTube apresentou o anual ''"YouTube Video Awards"'' As categorias incluem "o mais adorável vídeo de todos os tempos" e "o mais criativo". O YouTube nomeia os concorrentes e os usuários decidem o vencedor. Apenas vídeos originais e criados pelos usuários são nomeados. Nomeações para o concurso de [[2006]] incluem "Peter Oakley (geriatric1927)", "LonelyGirl15", "thewinekone", "Renetto", "Nezzomic", e "Chad Vader"<ref name = "MSNBCawards">{{citar notíciajornal |título= YouTube to announce awards for user video |url= http://www.msnbc.msn.com/id/17678334/|publicado= [[MSNBC]] / [[Associated Press]]|primeiro = Jake |último =Coyle|data=19 de março de 2007}}</ref><ref name = "BBCawards">{{citar notíciajornal |título= YouTube to present video awards|url= http://news.bbc.co.uk/2/hi/entertainment/6466143.stm |publicado= [[BBC News]]|último =staff|data=19 de março de 2007}}</ref>
 
== Vídeos com direitos autorais ==
 
== Editor de vídeos on line ==
Em junho de 2010, o You Tube lançou o editor de vídeos on line onde é possível transições entre cenas, troca de trilhas de áudio, união e cortes do vídeos publicados.<ref>[{{citar web | url=http://br.noticias.yahoo.com/s/16062010/7/tecnologia-negocios-youtube-lanca-editor-videos.html | título= Youtube lança editor de vídeos online] | publicado=br.noticias.yahoo.com }}</ref>
 
== Youtube EDU ==
O canal Youtube Edu, abreviatura de educação, surgiu em 21 de novembro de 2013, de uma parceria entre o [[Google]] e o Instituto Lemann. Com a iniciativa, o Brasil tornou-se o segundo país a receber o projeto de um canal exclusivo de conteúdo educativo no Youtube, o primeiro foi Estados Unidos.<ref name="estadao"/> Inicialmente, foram selecionados 8.000 vídeos de professores brasileiros, já reconhecidos na plataforma e com canal próprio, e o Youtube Edu foi dividido por disciplinas, como biologia, matemática, língua portuguesa, física e química, com foco no [[ensino médio]].