Diferenças entre edições de "Girondino"

1 byte removido ,  23h18min de 15 de novembro de 2017
estava escrito errado
(sff)
Etiquetas: Editor Visual Possível resumo indevido
(estava escrito errado)
Na Convenção (1792 - 1795), os girondinos, foram instalados do lado direito do plenário, enquanto o grupo da Montanha, composto de 24 deputados de Paris e outros, foi instalada do lado esquerdo. A conotação política dos termos [[esquerda política|esquerda]] e [[direita política|direita]] provém dessa divisão inicial do plenário. Os girondinos dominavam a Asssembleia e, imediatamente, começaram a atacar a Comuna de Paris e os "montanheses" (mais conhecidos como jacobinos), por considerá-los responsáveis pelos [[Massacres de Setembro de 1792|massacres de setembro de 1792]]. [[Marat]] foi o primeiro implicado. Por outro lado, durante o processo de [[Luis XVI]], os girondinos, que se opunham à condenação do rei, foram considerados pouco republicanos. Defendiam uma [[monarquia constitucional]] e se enfraqueceram politicamente com a tentativa de fuga de [[Luís XVI]]. Afinal, sua posição contrária à instituição de um tribunal revolucionário comprometeu definitivamente os girondinos.
 
== OrrigemOrigem ==
Após a formação da república, a Assembleia se dividiu em grupos: os ''montagnards'' (montanheses) ocupavam o setor mais alto do plenário, denominado ''La Montagne'' ('a [[Montanha (Revolução Francesa)|Montanha]]'); osgirondinos e outros grupos ocupavam as partes baixas, sendo por isso chamados de ''peuple du marais'' ('povo do pântanos') ou ''peuple de La Plaine'' ('povo da planície').
 
Utilizador anónimo