Diferenças entre edições de "Bacia do rio da Prata"

98 bytes adicionados ,  15h14min de 23 de novembro de 2017
(alterei erros de ortografia)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
== Aproveitamento energético ==
Suas principais usinas são: Itaipu (Rio Paraná) - 12.600 MW; Ilha Solteira (Rio Paraná) 3.444 MW; Jaciretá (Rio Paraná) 3,100 MW; Fóz do Areia (Rio Iguaçú) - 1.676 MW; Jupiá (Rio Paraná) - 1.551 MW; Itá (Rio Uruguai) - 1.450 MW; Marimbondo (Rio Grande) - 1.440 MW; Porto Primavera (Rio Paraná) - 1.430 MW; Salto Santiago (Rio Iguaçú) - 1.420 MW; Água Vermelha (Rio Grande) - 1.396 MW; Segredo (Rio Iguaçú) - 1.260 MW; Salto Caxias (Rio Iguaçú) - 1.240 MW; Furnas (Rio Grande) - 1.216 MW; Emborcação (Rio Paranaíba) - 1.192 MW; Salto Osório (Rio Iguaçú) - 1.078 MW; Estreito (Rio Grande) - 1.050 MW; Foz do Chapecó (Rio Uruguai) 855 MW.
Essa divisão ocorre pelo fato de termos uma grande hidrografia por isso dividimos com o Uruguai
 
Suas principais hidrelétricas são: [[Binacional de itaipu]], [[Usina Hidrelétrica de Furnas|Furnas]] e [[Complexo de Urubupunga]].