Diferenças entre edições de "Branca de Neve"

4 bytes removidos ,  18h53min de 25 de novembro de 2017
→‎O clássico: Corrigiu erro ortográfico
(bot: revertidas edições de 95.23.180.94 ( modificação suspeita : -38), para a edição 50018733 de Hume42)
(→‎O clássico: Corrigiu erro ortográfico)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição via aplic. móvel
No início da história contada pelos Grimm, uma rainha costurava, no inverno, ao lado de uma janela negra como o [[ébano]]. Ao lançar o olhar para a [[neve]], picou o dedo com a agulha, e três gotas de [[sangue]] pingaram sobre a neve, o que a deixou admirada e a fez pensar que, se tivesse uma filha, gostaria que fosse "alva como a neve, rubra como o sangue e com os cabelos negros como o ébano da janela".
 
Não tardou, e a rainha teve uma filha de descrições idênticas ao seu pedido: branca como a neve, com os cabelos negros como o ébano e os lábios vermelhos como o sangue. Mas, tão logo sua filha veio ao mundo, a rainha morreu. O pai deu à filha o nome de Branca de Neve, e logo tornou a casar com uma mulher arrogante, esnobe e vaidosa, possuidora de um [[espelho mágico]] que só falava a verdade.
 
A rainha consultava seu espelho, perguntando quem era a mais bela do mundo, ao que ele sempre respondia: ''"Senhora Rainha, vós sois a mais bela"''. Quando Branca de Neve fez dezessete anos, e um dia a madrasta perguntou: ''"Quem é a mais bela de todas?"'', e o espelho não tardou a dizer: ''"Você é bela, rainha, isso é verdade, mas Branca de Neve possui mais beleza."''
Utilizador anónimo