Diferenças entre edições de "Quadros por segundo"

Sem alteração do tamanho ,  02h15min de 29 de novembro de 2017
m
ajustes usando script
(adicionado termo portugal)
m (ajustes usando script)
A quantidade de '''qps''' que uma placa de vídeo consegue atingir é a nota final do produto em funcionamento, quanto maior a qualidade do produto, mais '''qps''' a placa conseguirá renderizar em 1 [[segundo]]. '''qps''' como medida de qualidade e performance de uma placa vídeo e uma pratica altamente difundida no mercado de placas de vídeo, o qual que se tornou muito competitivo pelas evoluções rápidas de tecnologia.
 
Também gera competições em fóruns na internet, competições presenciais profissionais e não profissionais para testar por a prova qual [[Gpu|GPU]] executa determinado jogo com mais '''qps''', sinônimo de performance, por mais que, em muitas vezes a quantidade de '''qps''' gerada pelas placas chegue a ultrapassar a taxa de atualização de imagens dos monitores (normalmente 59, 60, ou 120 hertz).{{citationcarece neededde fontes|reason= Afirmação crítica sem fontes.|date data= agosto de 2015}}
 
== Sincronização Vertical ==
 
== Alta taxa de quadros ==
É o nome de uma nova técnica de filmagem e projeção, no cinema, introduzido pelo diretor Peter Jackson em 2012 com a trilogia [[The Hobbit: An Unexpected Journey|O Hobbit]]. Ele abandona o padrão do clássico "24 quadros por segundo" e introduz uma nova velocidade de "48 a 60 quadros por segundo," mais do que o dobro da velocidade normal. Resultando em imagens mais suaves e quase sem artefatos visuais. Na televisão, a telenovela brasileira [[Boogie Oogie]] foi a primeira a adotar o padrão.{{citationcarece neededde fontes|reason=Fonte que comprove a afirmação|datedata=agosto de 2015}}
 
Fazem parte desta nova tecnologia também: