Diferenças entre edições de "Pompeu"

2 bytes removidos ,  20h42min de 29 de novembro de 2017
m
{{citação2|Dos judeus, caíram doze mil, mas dos romanos, muito poucos... e não poucas enormidades foram cometidas no [[Santo dos Santos|próprio templo]], que, em épocas anteriores, era inacessível e não podia ser visto por ninguém; pois Pompeu entrou nele e não poucos dos que estavam com ele também e viram o que era ilegal ser visto por quaisquer outros homens, acessível apenas aos [[Sumo Sacerdote de Israel|sumo sacerdotes]]. Havia no [[Segundo Templo|Templo]] a mesa de ouro, o candelabro sagrado, os vasilhames de água e uma grande quantidade de [[especiaria|temperos]]; e, além destes, estava ali o tesouro de dois mil [[talento (moeda)|talento]]s de dinheiro sagrado: mas Pompeu não tocou nada disto por causa de seu respeito à religião; e, neste ponto, agiu de maneira digna de sua virtude. No dia seguinte, ele deu a ordem para que os encarregados do templo o limpassem e que levassem até lá as oferendas requeridas pela [[Lei Mosaica|Lei]] a [[YHWH|Deus]]; e restaurou o sumo sacerdócio a Hircano, tanto por que ele havia lhe sido útil em outras funções, quanto por ter evitado que os judeus na zona rural do país ajudassem Aristóbulo de qualquer forma em sua guerra contra ele.|[[Flávio Josefo|Josefo]]|''[[Antiguidades Judaicas]]'' XIV, 4<ref> [[Flávio Josefo|Josefo]], ''[[Antiguidades Judaicas]]'' XIV, 4, tradução de William Whiston, disponível no ''Project Gutenberg''.</ref>}}
 
[[Imagem:Pompée dans le Temple de Jérusalem.jpg|miniaturadaimagem|esquerda|Pompeu no interior do [[Segundo Templo|Templo de Jerusalém]]. Apesar de ter entrado no [[Santo dos Santos]], o mais sagrado recinto do Templo, Pompeu deixou intactos os tesouros e costumesvestes do Templo.<br><small>{{ca.}} 1470. Por [[Jean Fouquet]]</small>]]
 
Durante a guerra na Judeia, Pompeu soube do suicídio de Mitrídates; seu exército o havia desertado para apoiar seu filho, [[Fárnaces II do Ponto|Fárnaces]].<ref name="Boak, History of Rome, pg. 161"/> No total, Pompeu anexou quatro novas províncias à [[República Romana]] em sua campanha: [[Bitínia e Ponto]], [[Síria (província romana)|Síria]], [[Cilícia (província romana)|Cilícia]] e [[Creta (província romana)|Creta]]. Os protetorados romanos na Ásia passaram a se estender até o mar Negro e o Cáucaso. As vitórias militares de Pompeu, seus assentamentos políticos e anexações territoriais criaram uma nova fronteira romana no oriente.