Belmiro de Azevedo: diferenças entre revisões

9 bytes removidos ,  01h02min de 30 de novembro de 2017
m
sem resumo de edição
m
Belmiro de Azevedo era o mais velho dos oito filhos de Manuel de Azevedo, [[carpinteiro]] e [[agricultor]], e de Adelina Ferreira Mendes, [[costureira]].
 
Na instrução primária em [[Tuías]], reprovou na primeira classe, segundo o próprio, por culpa de um professor incompetente. No entanto, graças ao professor ali colocado no ano seguinte seguinte, Carlos da Silva, recuperou o tempo perdido, chegando a fazer os quatro anos letivos em apenas três. Uma vez que não existia no concelho do [[Marco de Canaveses|Marco]] nenhuma escola de ensino secundário, Belmiro de Azevedo mudou-se para o [[Porto]] por volta dos 11 anos, para poder prosseguir os estudos no [[Liceu Alexandre Herculano]], no [[Porto]]. Nesta cidade foi viver com o seu tio e padrinho, Belmiro Pinto da Mota, fiscal de obras, que além do nome de batismo lhe deu alojamento nos estaleiros de obras onde trabalhava<ref>[https://sigarra.up.pt/up/pt/web_base.gera_pagina?p_pagina=antigos%20estudantes%20ilustres%20-%20belmiro%20de%20azevedo Universidade do Porto]</ref>.
 
Depois dos estudos secundários, Belmiro de Azevedo seguiu para a [[Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto]]. Em [[1959]], porém, teve de interromper os estudos, ao ser chamado a cumprir o [[serviço militar obrigatório]]. Em [[1964]] completou a licenciatura em [[Engenharia Química]]. Durante a juventude praticou [[andebol]], no [[Centro Desportivo Universitário do Porto]] e no [[Futebol Clube do Porto]].
3 112

edições