Abrir menu principal

Alterações

426 bytes adicionados ,  18h27min de 4 de dezembro de 2017
→‎Restauração: Adicionei novas informações sobre as restauração
 
O término da primeira etapa de restauração da ponte foi finalmente agendado para o início de 2017. Foi feita a suspensão do vão central em 10,0 cm através de 27 macacos hidráulicos para um alívio de carga de 20% do peso total nas torres (aproximadamente 800 toneladas), permitindo instalação das estruturas auxiliares superiores, estruturas essa que servirão para desmontagem das barras de olhal. A operação foi realizada na noite do dia 11 de fevereiro, sofrendo um atraso de 50 minutos por causa da chuva e do vento, tendo seu início por volta das 23:00. Por causa do risco de desabamento da estrutura, todo o trânsito nas proximidades foi interrompido, estabelecimentos comerciais foram fechados, e moradores próximos foram alojados em hotéis. Cerca de 200 homens participaram da operação, incluindo o Corpo de Bombeiros para o caso de acidente. A operação, prevista para terminar até às 7:00 do dia seguinte, foi finalizada às 3:48, com sucesso.<ref>{{citar web |url=http://glo.bo/2kk6hEL |título=Transferência de 20% da carga da Ponte Hercílio Luz é concluída |publicado=G1 |data=12 de fevereiro de 2017 |acessodata=12 de fevereiro de 2017}}</ref><ref>{{citar web |url=http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2017/02/operacao-da-ponte-hercilio-luz-em-florianopolis-e-concluida-9719578.html |título=Operação da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, é concluída |publicado=Diário Catarinense |data=12 de fevereiro de 2017 |acessodata=12 de fevereiro de 2017}}</ref>
 
No início de outubro de 2017, o vão central da ponte foi elevado mais 50 cm, o que representa 100% da carga, aliviando a tensão nas barras de olhal e dos pendurais permitindo sua remoção. Na metade do mês de outubro, os pendurais foram removidos, a partir de então já na primeira semana de novembro, as barras de olhal que ligam as duas torres foram removidas o que transformou o visual do cartão postal da cidade.
 
==Ver também==