Difference between revisions of "Cinco Solas"

269 bytes added ,  2 years ago
''Sola Scriptura'' é o ensinamento de que a [[Bíblia]] é a única palavra autorizada e [[Inspiração (teologia)|inspirada]] por [[Deus]] e é única fonte para a doutrina cristã, sendo acessível a todos. Afirmar que a Bíblia não exige interpretação fora de si mesma está em oposição direta aos ensinamentos das tradições [[Ortodoxia | ortodoxa]], [[Igreja Ortodoxa|ortodoxa oriental]], [[Anglocatolicismo|anglo-católica]] e [[católica romana]], que ensinam que a Bíblia só pode ser autenticamente interpretada pela [[tradição católica]], como está em {{Citar bíblia|livro=2 Pedro|capítulo=1|verso=20}}. Na Igreja Católica, este ensinamento é referido como o [[magistério da Igreja Católica]], e incorporada ao [[episcopado]], agregando os [[bispo]]s da Igreja, em união com o Papa.
{{cquote|''Conhecendo primeiro isto, que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.''}}
 
Uma passagem que é contraria a Sola Scriptura é a de {{Citar bíblia|livro=2 Tessalonicenses|capítulo=2|verso=15}}.
{{cquote|''Assim, pois, irmãos, estai firmes e conservai as tradições que vos foram ensinadas, seja por palavra, seja por epístola nossa. .''}}
 
''Sola scriptura'' é às vezes chamada de [[princípio formal e material da teologia|princípio formal]] da Reforma, uma vez que é a fonte e norma de princípio, o material, o [[Evangelho]] de [[Jesus Cristo]] que é recebido ''sola fide'' ("através da fé") ''sola gratia'' (por favor de Deus, ou "graça"). O [[adjetivo]] (''sola'') e o [[substantivo]] (''scriptura'') estão no [[caso ablativo]] em vez do [[caso nominativo]] para indicar que a Bíblia não está sozinha longe de Deus, mas, sim, que é o instrumento de Deus pelo qual ele se revela para a salvação pela fé em Cristo (''Solus Christus''). Como em {{Citar bíblia|livro=Mateus|capítulo=4|verso=4}}