Diferenças entre edições de "Filipe, o Árabe"

14 bytes adicionados ,  18h32min de 11 de dezembro de 2017
m
aj. refs Trocar por {{mais-notas}} utilizando AWB
m (aj. refs Trocar por {{mais-notas}} utilizando AWB)
{{Semmais-fontesnotas|data=janeiro de 2012}}
{{Info/Monarca
|nome =Filipe, o Árabe
[[Imagem:Otacilia Severa-l4Scythica.jpg|thumb|Moeda de Marcia Otacilia Severa, esposa de Filipe]]
 
Era descendente de uma aristocrática família de origem árabe. Firmou a paz com o exército persa, mas foi derrotado pelos exércitos das províncias [[Rio Danúbio|danubianas]], sob o comando de [[Décio]], que o sucedeu. Pela tradição, teria sido o primeiro imperador cristão, batizado pelo papa [[papa Fabiano|Fabiano]]. Durante o seu governo, procedeu-se à celebração do milénio da cidade de Roma ({{DC|247|x}}), e para celebrar essa data realizou jogos seculares (''ludi saeculares'') onde mais de mil [[Gladiador|gladiadoresgladiador]]es e centenas de animais exóticos trazidos da [[África]], tais como [[Leão|leões]], [[girafa]]s, [[leopardo]]s, [[hipopótamo]]s e um [[rinoceronte]], foram mortos diante do público do [[Coliseu]] em {{DC|248|x}}.<ref>FURTADO, Peter. ''1001 dias que abalaram o mundo''. trad. de Fabiano Morais, Fernanda Abreu e Pedro Jorgensen Junior. Rio de Janeiro: Sextante, 2009.</ref>
 
 
{{Começa caixa}}
|depois=[[Décio]]}}
{{Termina caixa}}
 
 
{{Referências}}
{{Controle de autoridade}}
 
 
{{DEFAULTSORT:Filipe, O Arabe}}