Abrir menu principal

Alterações

232 bytes removidos ,  02h32min de 20 de dezembro de 2017
m
Foram revertidas as edições de 177.105.193.143 para a última revisão de Jonas kam, de 21h17min de 11 de outubro de 2017 (UTC)
O [[Corporación Deportiva Club Atlético Nacional|Atlético Nacional]] sagrou-se campeão da Libertadores em 1989 pela primeira vez e foi incluído na Supercopa no mesmo ano, o que também aconteceu com o [[Club Social y Deportivo Colo Colo|Colo-Colo]] em 1991 e com o [[São Paulo Futebol Clube|São Paulo]] em 1992. Em 1994, o [[Club Atlético Vélez Sársfield|Vélez Sársfield]] ganhou a Libertadores uma semana antes do início da Supercopa, adiando a sua entrada para o ano seguinte.
 
Apesar de ser considerada uma competição importante, a Supercopa sempre foi criticada porque o seu critério de participação dependia de um títulotitulo da Libertadoreslibertadores, o que não selecionava os melhores times do momento (ainda que tal critério fosse utilizado na própria Libertadores, que à época recebia os dois melhores representantes de cada membro da CONMEBOL). O [[Sociedade Esportiva Palmeiras|Palmeiras]], por exemplo, que foi considerado um dos grandes times da década de 90 do futebol brasileiro nunca participou da competição por não ter o título da Libertadoreslibertadores, enquanto a competição existia (somente foi conquistá-lo em 1999, dois anos após a extinção da competição). Em contrapartida, o [[Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense|Grêmio]] do [[Brasil]], [[Club Estudiantes de La Plata|Estudiantes]] e [[Racing Club de Avellaneda|Racing]] da [[Argentina]] disputaram a competição mesmo quando frequentavam a série B de seus países.
 
==Lista de Campeões==
215 886

edições