Nikolai Gumilev: diferenças entre revisões

663 bytes adicionados ,  20 de dezembro de 2017
sem resumo de edição
Etiquetas: Editor Visual Referências removidas
}}
'''Nikolai Stepanovitch Gumilev''', em [[idioma russo|russo]]: '''''Никола́й Степа́нович Гумилёв''''' ([[15 de abril]] de [[1886]] — [[25 de agosto]] de [[1921]]) foi um influente poeta, crítico literário e militar russo. Foi o primeiro marido de [[Anna Akhmátova]] e o pai do historiador Lev Gumilev. Seria preso e executado pela [[Tcheka|Cheka]], a polícia secreta soviética, em [[1921]].
 
== Biografia ==
Nasceu em [[Kronstadt]], na [[ilha de Kotlin]], como filho do físico naval Stepan Yakovlevich Gumilyov e de Anna Ivanovna L'vova. Seu apelido na infância era "Montigomo" (garra de [[falcão]]). Estou no [[Tsarskoye Selo]], onde foi aluno do poeta [[Innokenti Fiodorovitch Annenski|Innokenti Annenski]]. Mais tarde, Nikolai admitiu que a influência de Annenski que o fez decidir optar a escrever poesia.
 
Casou-se com a poetisa [[Anna Akhmátova|Anna Akhmatova]] em 25 de abril de 1910. Ele dedicou-lhe alguns de seus poemas. Em 1912, nasce o filho do casal, Lev Gumilyov, que mais tarde viria a ser um influente e controverso [[historiador]].
 
== Referências ==
Utilizador anónimo