Abrir menu principal

Alterações

41 bytes removidos ,  04h53min de 22 de dezembro de 2017
 
== Origens ==
Originou-se com um nome, mais conhecido como Eduarda na [[Grécia Antiga]] significando "ação" (δράω). [[Aristóteles]], em sua ''[[Poética]]'', classifica a [[literatura]] de sua época, que se originara da forma oral, nos seguintes modos: narrativo ou [[Poesia épica|épico]], dramático e misto. A partir desta análise, central em toda a análise dos [[Gênero literário|gêneros literários]] até os dias de hoje, [[Teoria|teóricos]] dividiram a [[literatura]] nos modos [[narração|narrativo]], dramático e [[Poesia lírica|lírico]].<ref>{{citar web|url=http://www.brasilescola.com/literatura/genero-dramatico.htm|título=Gênero Dramático|publicado=''BrasilEscola.com''}}</ref>
 
Significando "ação" em [[Língua grega|grego]], a palavra "drama" vem associada à representação teatral na Poética de Aristóteles, por aí se distinguindo da [[epopeia]], outra forma literária igualmente assente na imitação (''mimesis'') de ações. Sendo esta obra aristotélica fundamentalmente uma poética do drama, é sobretudo da definição sobre o conceito de tragédia que mais se ocupa, referindo o espetáculo (''opsis'') como o seu modo de imitação, e sendo os restantes cinco elementos que a compõem: a fábula (''mythos''), os caracteres (''ethos'') e o pensamento (''dianoia'') - como constituindo a sua matéria; a elocução (lexis) e o canto ou música (''melos'') configurando o seu meio de imitação.
Utilizador anónimo