Abrir menu principal

Alterações

Sem alteração do tamanho, 22h31min de 26 de dezembro de 2017
 
==Biografia==
Mila Moreira, cujo nome de batismo é Marilda Moreira da Silva, nasceu na capital paulista em [[18 de maio]] de [[1946]] e cresceu perto da Estação da Luz. Filha de pais portugueses, seu pai, o Sr. Moreira era dono de um hotelzinho para mascates e sua mãe era dona de casa.
 
Mila apareceu como manequim (ou demonstradora como eram chamadas na época), na Feira Nacional da Indústria Têxtil - Fenit, em [[1963]], desfilando pela [[Rhodia]] Têxtil, sendo coreografado por Ismael Guiser, junto com as manequins Ully, Mailu. Desfilaram ainda, no magazine paulistano ''Mappin'' mostrando a coleção mais recente da Rhodia. Ficaram juntas na Rhodia até [[1970]]. Depois, Mila e Ully montaram uma escola para manequins no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]].
 
Em [[1979]] foi convidada para ser produtora na [[Rede Bandeirantes]]. No mesmo ano, conhecida mais como manequim da Rhodia com "furinho no queixo", foi chamada às pressas para substituir uma jurada no
programa do Chacrinha e chamou a atenção do autor Cassiano Gabus Mendes, que a convidou para fazer a telenovela da [[Rede Globo]], ''Marrom Glacé''. A partir daí virou presença fixa em quase todas as novelas do autor: ''Plumas e Paetês'', ''Elas por Elas'', ''Champagne'', ''Ti Ti Ti'', ''Que Rei Sou Eu?'', ''Meu Bem, Meu Mal'' e ''O Mapa da Mina''. Também teve participações importantes nas novelas ''Gabriela'', ''A Próxima Vítima'', "Sangue Bom" e nas [[minissérie]]s ''Os Maias'', ''JK'', ''Um Só Coração'' e ''Queridos Amigos''.
 
==Vida Pessoal==
Utilizador anónimo