Diferenças entre edições de "Waldemar de Brito"

25 bytes adicionados ,  11h36min de 8 de janeiro de 2018
sem resumo de edição
m (Robô: Alteração da categoria redirecionada Futebolistas da Portuguesa Santista para Futebolistas da Associação Atlética Portuguesa)
Voltou a jogar no futebol paulista pelo São Paulo no final de [[1941]], e na temporada de [[1942]] foi inesquecível para ele, porque o título do campeonato paulista não veio, mas mesmo assim manteve uma média de 26 gols em 26 partidas. No ano seguinte [[1943]], não jogou muito e viu o segundo título paulista do São Paulo no banco de reservas. Nessa sua segunda passagem pelo São Paulo, jogou 35 jogos, com 19 vitórias, 10 empates, 6 derrotas, com 29 gols.
 
Ainda em 1943 foi para a {{Futebol Portuguesa}}. Entre abril de [[1945]] e janeiro de [[1946]] defendeu o [[Palmeiras]], clube pelo qual disputou apenas 15 partidas e marcou cinco gols. Em seguida, transferiu-se para a {{Futebol Portuguesa Santista}} onde encerrou a carreira.
 
Foi técnico do [[Bauru Atlético Clube]], onde revelou em [[1954]] o jogador ''Dico'', depois conhecido mundialmente como [[Pelé]], o ''Atleta do Século''.<ref>[http://www.complex.com/sports/2013/10/pele-25-things-you-didnt-know/pele-3 He was discovered by fellow Brazilian, Waldemar de Brito, who proclaimed Pele would be the greatest football player in the world.]</ref>
Utilizador anónimo