Diferenças entre edições de "Herbert Spencer"

39 bytes removidos ,  04h57min de 24 de janeiro de 2018
sem resumo de edição
(Descrição de Spencer como biólogo e antropólogo, além de filósofo e defensor do liberalismo.)
'''Herbert Spencer''' ([[Derby (Derbyshire)|Derby]], [[27 de Abril]] de [[1820]] — [[Brighton]], [[8 de Dezembro]] de [[1903]]) foi um [[filósofo]], biólogo e antropólogo [[Inglaterra|inglês]], bem como um dos representantes do [[liberalismo clássico]].
 
Spencer foi um profundo admirador da obra de [[Charles Darwin]]. É dele a expressão "''sobrevivência do mais apto''", e em sua obra procurou aplicar as leis da evolução a todos os níveis da atividade humana. Spencer teve suas ideias enormemente distorcidas. Essas distorções lhe renderam a alcunha de "Pai do Darwinismo Social". Todavia, Spencer jamais utilizou este termo ou defendeu a morte de indivíduos "mais fracos" assim como foi um notável opositor de governos militares e [[autoritarismo|autoritários]], de qualquer forma de [[coletivismo]], do [[colonialismo]], do [[imperialismo]] e das [[guerras]].{{carece de fontes|data=junho de 2017}} Ele estudou o comportamento humano como um órgão biológico
 
Encontra-se colaboração de sua autoria na revista '''''A imprensa'''''<ref>[http://hemerotecadigital.cm-lisboa.pt/OBRAS/IMPRENSA/AImprensa.htm A imprensa : revista científica, literária e artística (1885-1891) [cópia digital, Hemeroteca Digital<nowiki>]</nowiki>]</ref> (1885-1891).
Utilizador anónimo