Diferenças entre edições de "Mistura"

2 bytes adicionados ,  12h37min de 26 de janeiro de 2018
m
Foram revertidas as edições de 186.222.239.113 por mudar a grafia (usando Huggle) (3.3.3)
m (Foram revertidas as edições de 186.222.239.113 por mudar a grafia (usando Huggle) (3.3.3))
Etiquetas: Huggle Reversão
 
== Misturas coloidais ==
Uma mistura coloidal é caracterizada pela existência de partículas de uma fase, dispersas noutra fase, geralmente contínua. As partículas da fase dispersa apresentam algumas características particulares: as suas dimensões podem variar entre 1&nbsp;[[Nanómetro|nm]] (1&times;10<sup>−9</sup>&nbsp;m) e 1&nbsp;[[Micrómetro (unidade de medida)|µm]] (1&times;10<sup>−6</sup>&nbsp;m); podem ser constituídas por conjuntos de átomos, ionsiões ou moléculas (coloides micelares), por macromoléculas (coloides moleculares) ou por ionsiões gigantes (coloides iônicos); podem ser encontradas nos diversos estados físicos: partículas sólidas cristalinas ou amorfas, gotas de líquido, bolhas de gás. O interesse crescente no estudo e desenvolvimento das misturas coloidais explica-se pelas inúmeras aplicações atuais: na indústria alimentar (leites, maioneses, cremes, manteigas, margarinas, espumas, chocolates, etc...); na indústria têxtil (lã, seda, linho, algodão, etc...); na construção civil (materiais de construção). Sabe-se hoje que algumas propriedades físicas importantes dos alimentos são devidas às misturas coloidais. São exemplos: a viscosidade, a plasticidade, a elasticidade, a retenção de água e a coesão.
 
Nas misturas coloidais, os componentes da mistura não se distinguem a olho nu, contudo se usarmos um instrumento de ampliação, como um microscópio, conseguir-se-ia distinguir muito melhor os diferentes componentes da mistura. Ex: Se deixarmos maionese fora do frigorífico durante algum tempo conseguimos visualizar pequenas partículas de gordura.
157 738

edições