Diferenças entre edições de "Reencarnação"

306 bytes removidos ,  11h26min de 27 de janeiro de 2018
sem resumo de edição
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de PaulaFilizzola (Espiritismo não é uma religião cristã), com Reversão e avisos)
{{Multitag|1=fref|2=mnot|3=rev|data=julho de 2015}}
{{Hinduísmo}}
{{Espiritismo}}
[[Imagem:Reincarnation AS.jpg|thumb|Reencarnação na [[Arte hindu]]]]
[[Imagem:Plato Pio-Clemetino Inv305.jpg|thumb|[[Platão]] foi um dos principais defensores da reencarnação e enfocou este tema principalmente em seus [[diálogos de Platão|diálogos]] ''[[Mênon]]'', ''[[Fédon]]'', ''[[Fedro]]'' e ''[[A República]]''.<ref>http://www.infoescola.com/filosofia/reencarnacao-em-platao/</ref>]]
'''Reencarnação''' é uma ideia central de diversos sistemas [[filosofia|filosóficos]] e [[religião|religiosos]], segundo a qual uma porção do [[Ser]] é capaz de subsistir à morte do corpo. Chamada [[consciência]], [[espírito]] ou [[alma]], essa porção seria capaz de ligar-se sucessivamente a diversos corpos para a consecução de um fim específico, como o [[Doutrina Espírita|auto-aperfeiçoamento]] ou a anulação do [[carma]]. A reencarnação pode ser definida como a ação de encarnar-se sucessivas vezes, ou seja, derivada do conceito aceito por doutrinas religiosas e filosóficas de que, na morte física, a alma não entra num estágio final, mas volta ao ciclo de renascimentos. [[Heródoto]] menciona esta doutrina como sendo de origem egípcia, sendo que nessa concepção a reencarnação se dava instantaneamente após a morte, passando a alma para uma criatura que estava nascendo (que poderia ser da terra, da água ou do ar), percorrendo todas as criaturas em um ciclo de três mil anos.<ref name=pitagoras/><ref>{{citar heródoto|2|123}}</ref>
 
A reencarnação encontra defesa na filosofia desde [[Pitágoras]].<ref name=pitagoras>Huffman, Carl, [http://plato.stanford.edu/archives/sum2014/entries/pythagoras/ "Pythagoras"], The Stanford Encyclopedia of Philosophy (Summer 2014 Edition), Edward N. Zalta (ed.)</ref> Atualmente, este conceito é aceito por filosofias e religiões do mundo todo, em especial na Ásia. É chamada também de [[transmigração|transmigração da alma]] e [[metempsicose]] (esta última denominação é mais encontrada em filosofias orientais em que admite-se que alma pode regressar em corpos de animais).
 
Objeto de estudo da [[pseudociência]] da [[parapsicologia]], o [[consenso científico]] atual não suporta as alegações deste e de outros supostos fenômenos [[paranormal|paranormais]].<ref>[[#pigliucci|Goode, 2013]]</ref>